Areal

areal

MUNICÍPIO DE AREAL

A Freguesia de Areal foi estabelecida em 21/08/1891, subordinada à Paraíba do Sul. Em 14/12/1938 foi transferida para o município de Três Rios, então denominado Entre-Rios. Finalmente, o município foi emancipado em 10/04/1992, com território desmembrado de Três Rios.

AGÊNCIAS POSTAIS DE AREAL

 

REDE FERROVIÁRIA

A EF Príncipe do Grão Pará

A EF Grão Pará foi projetada originalmente na direção de  São Jose do Vale do Rio Preto com a intenção de chegar até Sumidouro, onde se entroncaria com o Ramal do Sumidouro que estava sendo construído na mesma época para ligação com Minas Gerais.  A Grão-Pará chegou a Areal em 01/05/1886. Nessa data já se sabia que o trajeto original apresentaria dificuldades técnicas e seus novos acionistas preferiram entroncá-la com a Linha do Centro com a construção do Ramal Areal -Três Rios, onde chegou em 1900.

O traçado para S. José passou a ser conhecido por “Ramal de São José do Rio Preto” e foi entregue ainda em 1886.

O mapa acima, de 1953, permite visualizar a rede. Note que o mapa ainda mostra Areal como distrito de Três Rios e São José de Petrópolis.


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS DAS AGENCIAS


Areal (Local 1 no mapa no topo da página)


Introdução

Para entender os próximos eventos, é necessário começar por falar da inauguração da primeira estrada de rodagem macadamizada do país, a  “União e Indústria” que ligava o Rio a Juiz de Fora passando por Petrópolis. A viagem inaugural em diligência, com a presença do Imperador, aconteceu em 23 de junho de 1861. Ao longo da rodovia, foram construídas “Estações de Muda” onde se fazia a troca das parelhas de animais a cada hora de viagem. Existiam 12 dessas estações ao longo do trajeto. Uma delas em Areal [1].

A estação “Areal” da Estrada de Ferro Grão-Pará foi inaugurada em 01/05/1886

Os carimbos

A agencia postal “Areal” foi criada em 1870, conforme nos informa o Relatório de Agencias do Império de 1885 que a qualifica de “Estação”. Assim também o faz o Guia Postal de 1880. Esse foi o motivo pelo qual comecei pelo parágrafo Introdução, para expor a aparente divergência entre a  data de criação da agencia (1870) com a qualificação de “estação” que só aconteceria em 1886

O tema fica mais claro quando analisamos os carimbos. Em seu longo verbete sobre Areal, R. Koester menciona carimbos com (E) na legenda inferior “o que sem dúvida significa Estação” – segundo o texto. Ele exemplifica com imagens de carimbos de 1883 até 1889. Eu tenho um de 1885.

A explicação é que a “Estação” dos guias não é a ferroviária, mas sim a rodoviária, conforme diz a introdução. Isso é um caso inédito nos carimbos do Rio de Janeiro [2]. O mais curioso é a manutenção do carimbo depois que a estação rodoviária se transformou em ferroviária.

MRJ 42 – Areal (1870 –  )




Ponte de Santana / Alberto Torres (Local 2 no mapa)


Essa estação do Ramal Areal-Três Rios fica praticamente na divisa do município de Três Rios. Está classificada no menu ferroviário na Linha 31 – Ramal de Areal a Três Rios (ver tabela acima). Não possuo imagens da agencia.

A localidade de Ponte de Sant’Anna deve seu nome à estrutura metálica rodoviária sobre o rio Piabanha construída em 1860 pela rodovia União e Indústria. Na placa na base do pilar esquerdo se lê: “Companhia União & Industria, Director Presidente M.P. Ferreira Lage, Engenheiro Cap. A.M.O. Bulhoens – 1860″  A placa ainda registra ter sido fabricada em Manchester (imagem site otremexperesso).

A estação ferroviária foi inaugurada na localidade em 1º de maio de 1886, também o ano de criação da agencia de mesmo nome

O local foi renomeado Alberto Torres [3]. A agencia acompanhou em 1902 e a estação só por volta de 1925. Atualmente, segundo a Prefeitura, o simpático edifício está preservado e funciona como biblioteca.

MRJ 43 – Ponte de Sant’Anna (1886-1902)
MRJ 44 – Alberto Torres (1902-1969)

Não possuo imagens


Notas e informações

[1] A imagem da diligencia ao alto e a da única estação de muda conservada (acima), e que é um hoje um museu rodoviário em Monte Serrat, município de Comendador Levy Gasparian, são do site abaixo http://www.espeschit.com.br/historia/uniao_e_industria/estacoes_de_muda/).

[2] A legenda inferior (E) é encontrada em uma meia-duzia de locais no estado (e até na capital) com significado de estação ferroviária ao invés do mais comum (EST.) Por isso o caso de Areal é sui-generis.

[3] Alberto S.M. Torres (RJ 1865-1917) foi governador do estado do Rio de Janeiro em 1897-1900.


© 2011-2022 agenciaspostais.com.br – rev. janeiro de 2022

1 pensou em “Areal

  1. Olá Paulo
    O carimbo ERJ42 T15 Areal acima 30 x 19, 1951-58 ainda estava em uso em 11 jul 62.

    abraço

    Victor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.