Barra do Pirai

barra-do-pirai

MUNICÍPIO DE BARRA DO PIRAÍ

Na região foi instalada em 27/09/1852 a Freguesia de Nossa Senhora da Piedade (de Ipiabas) subordinada a Valença. O distrito de São Benedito da Barra do Piraí foi criado em 03/11/1885, subordinado ao município de Piraí e ocupando os mesmos limites do distrito policial existente desde 23/04/1868. O município de Barra do Piraí foi emancipado em 19/02/1890, com territórios desmembrados de Piraí, Vassouras e Valença.

AGÊNCIAS POSTAIS DO MUNICÍPIO

 

REDE FERROVIARIA

A era das estradas de ferro tem especial interesse por ter sido a origem de várias localidades com agencias postais. A estação de Barra do Piraí foi um dos mais importantes entroncamentos ferroviários do Brasil, passagem de diversas linhas: em azul a EF Central do Brasil (Linha 1), em laranja a EF Santa Isabel do Rio Negro (Linha 13) , em vermelho o ramal de São Paulo (Linha 11) e em verde a  EF Piraiense (Linha 12) [1].

Acima, detalhe do mapa postal de 1928, com destaques em cor por este autor. O mapa apresenta os roteiros de mala postal e suas agencias no caminho. Os traçados são só indicativos, porem dá para notar que eles seguem pelas ferrovias. Note as convenções do mapa:

[1] A numeração das linhas é a que consta do menu ferroviário, onde se pode encontrar todas as estações com agencia postal do estado.

 


FATOS, HISTÓRIAS E IMAGENS SOBRE AS AGÊNCIAS DO MUNICÍPIO


Barra do Piraí (Local 1 do mapa)


Uma curiosidade de Barra do Pirai é que a agencia mais antiga não é a da sede, mas as de Dores do Piraí e a de Ipiabas. Barra só teria a sua em 1864 ao ser inaugurada a estação da EF D.Pedro II em 1864.

ERJ 54 – BARRA DO PIRAÍ (1864-  )


ERJ 56 – ACF Oliveira Figueiredo (1996-2012 na sede)


AGENCIAS DO INTERIOR DO MUNICÍPIO

Vale apresentar o histórico dos distritos do município conforme o IBGE. Como veremos, as principais agencias estão nas sedes dos respectivos distritos. Uma exceção é a da estação de Santana, talvez pela proximidade com a sede.

  • Barra do Piraí (1885)
  • Nossa Senhoras das Dores do Pirahi (1890);
    • Nossa Senhora das Dores (1936);
    • Dorândia (1943)
  • São José do Turvo (1890);
    • Turvo (1938);
    • São José do Turvo (1943)
  • Vargem Alegre (1890)
  • Ipiabas (1943)

Distritos realocados

  • Conservatória (1943); transferido pra Valença (1947)
  • Mendes (1890); desmembrado para formar o município de Mendes (1952)

 


Sant’Anna / Santana da Barra (Local 2 no mapa)


A localidade de Villa de Sant’Anna desenvolveu-se na confluência dos rios Pirai e Santana como um centro comercial importante, com forte ligação com as sesmarias às margens do rio Paraíba. Com a construção da EF D. Pedro II, o local recebeu em 1864 uma estação de mesmo nome, cuja importância se nota pelo grafismo do mapa postal de 1888 abaixo.

ef-pirai-1888

Seguindo o curso do rio Pirai, uma nova ferrovia, a EF Pirahyense, foi inaugurada em 1883 com estação inicial construída em local próximo à Sant’Anna anterior – sem no entanto entroncamento entre as duas linhas. Esta segunda estação ficava em território de Piraí e também recebeu o nome de Santana (mas não teve agencia).

Lembro que em 1890 seria criado o município de Barra do Pirai, com o rio Pirai sendo a divisa com Pirai. A antiga Santana passou a ser conhecida como Santana da Barra na margem direita e Santanésia na esquerda (como se vê no mapa atual abaixo)

Sempre me intrigou a existência de duas estações Santana. Minha pesquisa resultou no mapa detalhado baseado na Wikimapia que apresento abaixo e que mostra os locais das duas estações (grafismos deste autor):

Já na republica, em 1891 a EF Santana (já adquirida pela EF Sapucahy) finalmente recebeu da EFCB permissão para uso de sua faixa exclusiva, o que permitiu a construção em paralelo do prolongamento da linha até Barra do Piraí (trajeto em laranja no mapa), inaugurado em 1896. O tema está mais detalhado na página de Pirai.

Como já mencionei na introdução do município, Santana da Barra é a única das agencias tradicionais não ativas atualmente por não estar em sede de distrito, absorvido que foi pelo distrito sede.

ERJ 57 – Estação de Sant’Anna (1864-1987)
ERJ 58 – Santana da Barra (1987-1989)

 


Dores do Piraí / Dorândia (Local 3 no mapa)


Distrito de Barra do Piraí, a Freguesia de Dores do Piraí foi criada em 28/03/1844. Em 1933, já distrito do município de Barra, consta como Nossa Senhora das Dores do Pirai, simplificado em 1938 para NS das Dores e finalmente em 1943 assumindo o nome atual – Dorândia.

ERJ 59 –   Dores do Pirai (1841-1943)
ERJ 60 –   Dorandia (1943-2000)
ERJ 60A – AGC Dorandia (2000 – )


Ipiabas / Piedade de Ipiabas (Local 4 no mapa)


Ipiabas tem sua origem no município de Valença onde em 26 de maio de 1849 foi criado o Curato de Nossa Senhora da Piedade de Ipiabas depois elevada a Freguesia em pela lei provincial 693 em 27.09.1852. Sua primeira agencia postal “Ipiabas” veio logo após em 10.02.1853 (data NM) sendo fechada em 21.06.1861 dentro de um pacote de dezenas de agencias publicado pela DG dos Correios.

A segunda agencia foi criada em 02.08.1869 com o nome de “Piedade de Ipiabas” conforme nos informa NM. Apesar de fazer sentido, por ser o nome pelo qual a localidade era conhecida, não encontrei nenhum documento postal com esse nome, todas trazendo o simplificado “Ipiabas”. Por exemplo, a Tabela de Agencias do Imperio de 1885 informa Ipiabas criada em 1869.

Vale aqui comentar sobre Barra do Piraí. O local ficava à margem do rio Paraíba entre os municípios de Valença e Piraí. A primeira notícia do local é de 1843 com a compra do sítio Barra do Piraí na foz do rio Piraí por Antônio Gonçalves de Moraes, também dono da fazenda São João da Prosperidade, em Ipiabas. Dez anos depois, o dono do sítio construiu uma ponte sobre o rio Piraí e, assim, teve início o povoado de São Benedito, em terras do município de Piraí. Fato relevante foi inauguração em 1864 da estação Barra do Piraí da estrada de ferro D. Pedro II. O povoado de São Benedito (da Barra do Pirai) cresceu e tornou-se o centro do comércio do café da região [1].

Todo esse progresso atraiu a atenção da vizinha Ipiabas. Vejam ata da A.L. do Rio de Janeiro publicada no Diario do Rio de Janeiro de 9 de junho de 1866, onde seu Art.3º vê-se o projeto para a Freguesia ser desmembrada de Valença e se incorporar ao município de Piraí.

O projeto não foi aprovado, mas o movimento acabou por acontecer em 31.12.1943, mas agora para o município de Barra do Piraí criado em 1890.

Em 20 de outubro de 1881 foi inaugurada a estação Ipiabas da EF Santa Isabel do Rio Preto que vinha de Barra do Pirai.

Voltando à história de Ipiabas, o então distrito da Vassouras chamou-se brevemente  Pandia Calogeras de 20.11.1922 a 10.01.1923 [2]. A agencia também mudou , mas de 17.04.1923 a 1941. Ou seja, logo depois que o distrito voltou ao nome original a agencia mudou. No mínimo, curioso.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 1.056, de 31-12-1943, o município de Valença passou a denominar-se Marquês de Valença. No mesmo decreto, Ipiabas foi anexado ao município de Barra do Piraí. Não descobri o motivo da coincidência.

Notas & informações

[1] texto baseado no Portal da Prefeitura de Barra do Piraí e no site do IBGE.
[2] João Pandia Calógeras (Rio de Janeiro 1870 – Petropolis 1934) formando-se engenheiro em 1890. Foi o primeiro e único civil a exercer o cargo de ministro da Guerra na história republicana brasileira, no governo de Epitácio Pessoa, de 3 de outubro de 1919 a 15 de novembro de 1922.

Imagens da agencia

ERJ 61 – Ipiabas (1853-1861)
ERJ 62 – Piedade de Ipiabas (1869-1923)
ERJ 63 – Pandia Calogeras (1923-1941)
ERJ 64 – Ipiabas (1941-2002)
ERJ 65 – AGC Ipiabas (2000 –  )



São Jose do Turvo / Turvo (Local 5 no mapa)


A Freguesia de São Jose do Turvo foi criada em 28 de setembro de 1855 no município de Barra Mansa e transferida no mesmo ato para Pirai. Já renomeado Turvo, foi transferido para Barra do Pirai no ato de criação deste município em 10/03/1890. Em 1933 volta à anterior mas em 1938 volta à Turvo. Finalmente, em 31 de dezembro de 1943 assume definitivamente o original São Jose do Turvo. Ufa.

ERJ 66 – São Jose do Turvo (1866-1938)
ERJ 67 – Turvo (1938-1943)
ERJ 68 – São Jose do Turvo (1943-2002)
ERJ 69 – AGC São Jose do Turvo (2000 –  )

 


Vargem Alegre (Local 6 no mapa)


Em 20 de janeiro de 1871 foi inaugurada no município de Pirai a estação de Vargem Alegre do Ramal de São Paulo da EF D. Pedro II. A agencia seria criada logo após em 20 de março. Com a emancipação de Barra de Pirai em 1890 Vargem Alegre já aparece como seu 4º distrito.

ERJ 71 – Vargem Alegre, estação


Unidades Operacionais

ERJ 73 CDD Barra do Pirai (localizada na sede)

 


© 2011-2022 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em janeiro de 2022)

1 pensou em “Barra do Pirai

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.