Bom Jesus do Itabapoana

bom-jesus-de-itabapoana

MUNICÍPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA

O município tem sua origem na Freguesia de Bom Jesus do Itabapoana estabelecida em 14/11/1862 e subordinada a Itaperuna. Foi elevada à vila em 24/11/1890 com o mesmo nome mas é extinta em seguida, em 08/05/1892, sendo reintegrada à Itaperuna. O município só foi novamente instalado em 15/12/1938, desta vez definitivamente.

AGÊNCIAS POSTAIS DO MUNICÍPIO

HISTÓRIAS, CURIOSIDADES E IMAGENS DAS AGÊNCIAS

ERJ 127 – Bom Jesus de Itabapoana (1856)
ERJ 128 – Vila de Itabapoana (1890)
ERJ 129 – AC Bom Jesus de Itabapoana (1892)

A sede do município merece uma nota destacada.

A primeira notícia oficial consta da Deliberação de 19/03/1856 que nos informa ter sido criada uma subdelegacia de polícia no arraial de Senhor Bom Jesus, localizado no 2º distrito da freguesia de Santo Antônio de Guarulhos no então município de Campos. Vale informar que o referido 2º distrito, criado em 12/08/1844, foi elevado a freguesia através do Decreto 636 de 23 de agosto de 1853. No entanto, ela só receberia a invocação de Nossa Senhora de Natividade pelo Decreto 1244 de 14/12/1861.

Decreto 1261, de 14 de novembro de 1862, elevou Senhor Bom Jesus a freguesia, conforme seu Art. 1º: O arraial do Senhor Bom Jesus, na freguesia de Nossa Senhora de Natividade, fica ereto em freguesia com a denominação de Senhor Bom Jesus de Itabapoana. Por força do Decreto 2810 de 24/11/1885 a freguesia passaria à jurisdição do Município de Itaperuna, também criado na mesma data.

No período republicano, em 24/11/1890 a freguesia foi elevada à categoria de município pelo Decreto 150 que rezava: “Fica criado o Município de Itabapoana tendo por sede a povoação de Bom Jesus de Itabapoana que assume a denominação de Vila de Itabapoana”. Apenas dois anos depois em 8/5//1892 ele foi extinto pelo Decreto nº1 que suprimiu, entre outros, o município de Itabapoana. Um carimbo com legenda “Villa de Itabapoana” datado 22 de janeiro de 1892 (v. carimbo da coleção) nos informa que a agencia chegou a adotar o novo nome da cidade, mas não encontrei registro oficial da alteração.

A autonomia definitiva veio somente com o Decreto 633 de 14 de dezembro de 1938 e o município instalado em 1º de janeiro do ano seguinte, retomando o nome anterior.

***

Segundo o IBGE, os atuais distritos são: Sede, Calheiros, Carabuçu., Pirapetinga do Bom Jesus e Rosal.


ERJ 132 – Liberdade (1937)
ERJ 133 – Carabuçu (1943)
ERJ 134 – AGC Carabuçu (1999)

O distrito de Liberdade foi criado pelo mesmo decreto que criou o município de Bom Jesus, do qual forma o 4º distrito.


ERJ 138 – Pirapetinga (1904)
ERJ 139 – Pirapetinga de Itaperuna (1904)
ERJ 140 – Pirapetinga do Bom Jesus (1969)
ERJ 141 – AGC Pirapetinga (1999)

O 5º distrito de Bom Jesus foi criado em 11.02.1953 com sede no antigo povoado de Pirapetinga de Itaperuna. No local, já existia muito antes a agencia Pirapetinga de Itaperuna, criada em 1904 e renomeada Pirapetinga do Bom Jesus em 1969.

 


ERJ 142 – Santo Antonio de Itabapoana (1885)
ERJ 143 – Calheiros (1938)
ERJ 144 – Calheiros (1969)
ERJ 145 – AGC Calheiros (1999)

Atual segundo distrito de Bom Jesus, Santo Antonio foi uma das mais importantes localidades da região, junto com Bom Jesus e Natividade, como se vê no mapa Bellegarde de 1861:


ERJ 147 – Arrozal de Santana (1891)
ERJ 148 – Rosal (ca 1940)
ERJ 148A – PC Rosal (ca 1976)
ERJ 149 – AGC Rosal (1999)

Trata-se de um local bem difícil de traçar um histórico postal, até pela volátil formação politico-geográfica da região. Senão, vejamos:

Começando pela informação política (sempre muito confusa) do IBGE:

Em Itaperuna:

  • Pela Deliberação de 30-07-1890 e de 31-10-1891 (…) é criado o distrito de Santana de Itabapoana e anexado ao município de Itaperuna.
  • Pelo Decreto-lei Estadual n.º 392-A, de 31-03-1938 (…) Santana de Itabapoana voltou a denominar-se simplesmente Santana (NA: voltou? por quê?)
  • Pelo (sic) Lei n.º 633, de 14-12-1938, o distrito de Santana passou a denominar-se Rosal.
  • O Decreto n.º 641, de 15-12-1938, desmembra do município de Itaperuna os distritos de(…) Rosal, para formarem o novo município de Bom Jesus do Itabapoana.

Em Bom Jesus:

  • Elevado à categoria de município com a denominação de Bom Jesus de Itabapoana, pelo decreto-lei estadual nº 633, de 14-12-1938, desmembrado de Itaperuna. Sede no antigo distrito de Bom Jardim do Itabapoana. Constituído de 4 distritos: Bom Jesus do Itabapoana, Calheiros ex-Santo Antônio de Itabapoana, Rosal ex-Santana, ambos desmembrados do município de Itaperuna.
  • (…) assim permanecendo até 2007.

***

Na documentação postal:

  • A primeira informação está no BP informando a criação da agencia de Arrozal de Sant’Anna no município de Natividade em 18 de março de 1891 (NA: veja no mapa acima que Natividade é o município vizinho ao norte de Bom Jesus e a ele Varre-Sai foi subordinado até sua independência; em Natividade no entanto Arrozal não é mencionada).
  • No GP de 1906 Arrozal de Sant’anna é citada como “antiga Santa Anna de Itabapoana” no município de Itaperuna.
  • No GP de 1931 Arrozal de Sant’anna está no município de Itaperuna.
  • No GP de 1940 as coisas se complicam, pois lá constam ambas Arrozal e Rosal com a mesma descrição em Bom Jesus (NA: pelo menos faz sentido com a transferência do distrito em 1938). 
  • Isso se repete no GP de 1957.
  • O GP de 1963 cita somente Arrozal.
  • A partir do GP de 1976 somente Rosal.

***

Nos mapas:

  • 1892 – S. Anna
  • 1922 – Sant’Anna
  • 1953 – Rosal

Minha conclusão: a localidade chamava-se Sant’Anna de Itabapoana mas a agencia foi criada como Arrozal de Santana. Transferido o distrito em 1938 para Bom Jesus renomeado Rosal, a agencia passou a ser chamada de Rosal em ca.1940 acompanhando o distrito.

AGENCIAS FRANQUEADAS

ERJ 130 – ACF Vale do Itabapoana

 


© 2011-2021 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em junho de 2021)

2 pensou em “Bom Jesus do Itabapoana

  1. Excelente material. Parabéns. Aprendi muito. Imagino que uma raridade seria um Olho de boi com carimbo de Bom Jesus do Itabapoana, uma vez que a agência é criada no mesmo ano em que o Olho de boi encerrou a circulação.

  2. Olá Giuliano. Obrigado. Não havia pensado nisso, seria realmente uma raridade. Na literatura não encontrei. A que vc se dedica?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *