Bairros T-U

Localização das Agências Postais do Município do Rio de Janeiro

bairros-tu1bairros-tu2

IMAGENS, HISTÓRIA E CURIOSIDADES SOBRE AS AGÊNCIAS

TANQUE

É o antigo local onde os viajantes paravam para descansar e dar água a seus animais em um grande reservatório ali existente. Mais tarde serviu para matar a sede dos animais que puxavam os bondes que faziam o trajeto até o Largo da Taquara.

Carimbos do bairro do Tanque 

mrj0162-tanque mrj0163-tanque

TAQUARA

Taquara é uma espécie de bambu utilizado em cercas e no fabrico de cestos, abundante na região. Em 1757 lá foi erguida a sede da Fazenda da Taquara, que existe até os dias de hoje e que nomeou o bairro. O Largo da Taquara tornou-se um importante entroncamento de estradas. Em 1911, a linha de bondes elétricos passou a servir a localidade. Hoje, a Taquara é o maior pólo econômico de Jacarepaguá. A agência postal é muito antiga, datando de 1869.

Carimbos do bairro da Taquara

mrj0163-taquara

TIJUCA: ver página destacada no menu

TODOS OS SANTOS

Pequeno bairro da Zona Norte da cidade, na região do Meier. É cortado pela EFCB e possuía uma estação homônima, inaugurada em 1868 e fechada nos anos 1960.

 Carimbos do bairro de Todos os Santos

mrj0171-todos-os-santos

URCA

A fundação da cidade

A Urca como bairro merece destaque por ser o local de fundação da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro em 1º de março de 1565. Uma homenagem ao rei Dom Sebastião I, então rei de Portugal. O núcleo original foi construído logo na entrada da baía, onde hoje se localiza a Fortaleza de São João, entre as Praias “de Dentro” e a “de Fora”, esta última faceando o mar aberto (à direita na foto).

Na época da fundação, não havia ligação terrestre da fortaleza com o resto da cidade – o morro Cara de Cão, o Pão de Açucar e o morro da Urca formavam a ilha da Trindade. Em meados do século XVII, um aterrro ligou a ilha ao continente, dando origem à Praia Vermelha. Esta, no entanto, teve durante o Império uso estritamente militar, abrigando diversos órgãos do Exército, o primeiro dos quais a Escola Militar, por volta de 1840. Diversos projetos desde o ano de 1870 ensairam a construção de uma ligação por terra até a fortaleza.

A Exposição Nacional de 1908

Já na Republica,  a Praia vermelha foi palco de um evento de grande porte inaugurado em agosto de 1908 – a Exposição Nacional.  Realizada em comemoração do centenário da abertura dos portos, um conjunto de grandes prédios lá foi erguido e funcionou por 90 dias. No mesmo local  tambem teve lugar a Exposição de Higiene no ano seguinte. Ensaios para a Exposição do Centenário, no centro, que aconteceria em 1922.

exposicao-nacional-abertura-11-08-1908-o-pharol

Reprodução de O Pharol, edição de 11 de agosto de 1908, hemeroteca da BN

exposicao-nacional-skyscrapercity-com-portal-de-entrada-1908

Portal de entrada da exposição, imagem © Skyscrapercity.com

O bairro da Urca

Como consequencia das atividades programadas para a comemoração ao centenário da independência 1922, a urbanização finalmente teve inicio com o aterro que formou o bairro. Em frente à pequena praia que aí se formou, foi construído o Hotel Balneário, que entrou para o roteiro turístico da cidade ao ser transformado no Cassino da Urca nos anos 1930. Edificio do antigo Cassino da Urca, sobre a praiaFoi palco de memoráveis shows até ser fechado em 1946 pela lei federal que proibiu o jogo em todo território nacional. Poucos anos depois  para lá se mudaram os estúdios da TV Tupi, canal 6, dos Diários Associados. A partir de 1980, com a falência da emissora, o prédio ficou abandonado. A instalação no local de uma filial da Escola Européia de Design (IED) enfrentou entretanto resistência da associação dos moradores.

 Carimbos do bairro da Urca 

mrj0171-urcamrj0172-urca mrj0173-urca

© 2012-2016 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em outubro de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *