Cantagalo

cantagalo

MUNICÍPIO DE CANTAGALO

O município de Cantagalo teve sua origem na freguesia do Santíssimo Sacramento de Cantagalo estabelecida em 9 de outubro de 1786. O município de São Pedro da Cantagalo foi criado em 9 de março de 1814, desmembrado do municipio de Cachoeira do Macacu (à época, denominado Santo Antônio de Sá).  Em 1/10/1857, a sede do município é elevada à cidade com o nome simplificado para Cantagalo.

AGÊNCIAS POSTAIS

 

HISTÓRIAS, CURIOSIDADES E IMAGENS DE AGÊNCIAS

CANTAGALO

Seu desenvolvimento no século XVII está ligado à mineração de ouro nos rios Negro, Macuco e Grande. Seu nome está ligado à história do contrabandista de ouro conhecido por “Mão de Luva”. Conta a lenda que uma expedição enviada pelo governador de Minas para investigá-lo teria se perdido na mata mas finalmente encontrado o arraial onde ele se escondia guiados pelo canto de um galo.

O Barão de Nova Friburgo e o Solar do Gavião

Antonio Clemente Pinto (1765-1860), mais tarde agraciado com o título de Barão de Nova Friburgo, chegou à região em 1829. Inicialmente atraído pelo ouro, logo começou a comprar terras para plantar café, que se tornaria a grande riqueza da região. Ele viria a se tornar o maior fazendeiro da época áurea do café, com propriedades em Nova Friburgo, Cantagalo e no Vale do Paraíba. Seus filhos dariam prosseguimento à sua obra e foram os maiores patrocinadores da construção da E F Cantagalo que ligou o Porto das Caixas em Itaboraí a Cantagalo nos anos 1870 (ver matéria abaixo).

O Solar do Gavião, sede da fazenda de mesmo nome, considerada a mais bonita da região, ilustra bem a visão do Barão. Vale lembrar que ele era também o dono do Palácio do Catete, sua residência no Rio de janeiro, mais tarde adaptado para sede da presidência da república. O arquiteto alemão Gustav Wachneldt, que viveu no Brasil entre 1852 e 1870, projetou ambos edifícios. Gavião teria também sua própria estação ferroviária, na qual foi instalada uma agencia postal que funcionou de 1898 até os anos 1960 (a imagem é da Voz da Serra).

 O RAMAL DE PORTELA

cantagalo-mapa-politico-1953

Uma das mais importantes ferrovias do estado, a E F da Cantagalo foi concebida para a integração do interior fluminense durante a época áurea do café. Seu traçado original de 1860 se iniciava no Porto das Caixas em Itaboraí chegando a Macuco em 1876. Durante as obras decidiu-se prolongar a ferrovia até o rio Paraíba com a construção do chamado Ramal de Portela, com origem na estação de Cordeiro. O ramal chegou a Cantagalo ainda em 1876, Santa Rita do Rio Negro em 1878, Itaocara em 1882 – já margeando o rio Paraíba – e finalmente a Portela em 1890. Na margem oposta do rio estava a estação de Três Irmãos em Cambuci da linha Campos a Miracema  inaugurada em 1880. Curiosamente, a ponte de interligação que permitiria a conexão ferroviária nunca chegou a ser construída.

SANTA RITA DO RIO NEGRO E EUCLIDELANDIA (ERJ 319 A 321)

Euclides da Cunha é o filho mais ilustre de Cantagalo. O autor de Os Sertões tem busto na praça principal, é nome de rua e tem um museu em sua homenagem. Santa Rita do Rio Negro, localidade onde nasceu, presta homenagem ao autor, sendo hoje o distrito de Euclidelândia.

Situada às margens do Rio Negro e posteriormente servida pela E F do Cantagalo, a localidade esteve sempre em posição estratégica no município. O local passou por várias denominações ao longo do tempo. Para ajudar a compreensão, preparei uma planilha cronológica:


Carimbos de Cantagalo


© 2011-2020 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em abril de 2020)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *