Miracema

miracema

MUNICÍPIO DE MIRACEMA

Distrito criado com a denominação de Santo Antônio dos Brotos, pela deliberação de 09/09/1881 ao município de Santo Antonio de Pádua. Pela deliberação de 13/04/1883, o distrito de Santo Antônio dos Brotos passou a denominar-se Miracema. Elevado à categoria de município com a denominação de Miracema, pelo decreto nº 3401, de 07/11/1935, desmembrado de Santo Antônio de Pádua. Sede no antigo distrito de Miracema. (fonte: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rj/miracema/historico).

***

O IBGE está enganado na primeira frase pois em 1881 Santo Antonio de Pádua ainda estava subordinado ao município de São Fidelis. Ele só seria município pelo Decreto Provincial nº 2.597, de 02/01/1882, desmembrado de São Fidélis. (Fonte: o mesmo site, na página https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rj/santo-antonio-de-padua/historico )

AGÊNCIAS POSTAIS

 

REDE FERROVIÁRIA

 


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS DE AGÊNCIAS


A disputa territorial com Minas Gerais

Nas últimas décadas do século XIX a região de Miracema foi palco de ácida disputa territorial entre os presidentes das províncias do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Veja o que diz o Relatório Ministerial de 1881:

Reproduzo os 2 primeiros parágrafos nota publicada no J. Commercio RJ em 22 de novembro de 1879 está assinada pelo município de São Fidelis, a quem Brotos, como vimos na introdução, estava subordinada. Nela, critica-se o movimento intempestivo do presidente de Minas Gerais em anexar o Arraial e pede-se providências ao presidente do Rio de Janeiro.

Para entender o assunto, pesquisei os mapas da época obtive uma informação muito interessante. O mapa mostrado é o Guigon de 1920/22. Como está explicado na legenda desse mapa, as divisas marcadas com (- – – -) são as “municipais” e as com (……..) são as “municipais duvidosas”.

Observando-se com atenção, é com essa última notação que está representada TODA a linha divisória da região.

Consultando o mapa de 1892, notei que a divisa provincial está bem mais ao leste. Para efeito didático marquei a divisa de 92 em azul. Vejam que Miracema praticamente estava em território mineiro.

O mapa atual no topo da página é mais semelhante com o de 1921.

Por isso, Miracema consta neste site.

 


Fechando este parênteses, passo a descrever as agencias de Miracema:


ERJ 698 – Santo Antonio dos Brotos
ERJ 699 – Miracema

O estranho nome desperta a curiosidade. Por isso, fui buscar informações e acabei no site da prefeitura de Miracema. Eis a história que encontrei, resumida [1]:

A colonização do Município de Miracema é atribuída aos esforços de D. Ermelinda Rodrigues Pereira que, segundo a tradição, por volta de 1846 mandou erigir uma capela dedicada ao culto de Santo Antônio. Também doou 25 alqueires de terra para a formação da futura freguesia de Santo Antônio, posteriormente Santo Antônio dos Brotos.

Deve-se a mudança de nome ao fato de um dos sólidos esteios de madeira da capela construída por D. Ermelinda ter brotado, fato que a crendice popular atribuiu a um milagre, acrescentando ao nome do padroeiro Santo Antônio a designação de “dos Brotos”.

A interessante matéria ao lado, publicada em A Sentinella de 23 de agosto de 1893 trata desse fato bem como do significado do nome na língua Tupi.

O local foi também conhecido por Arraial dos Brotos, citado no roteiro de malas entre Padua e Lage do Muriaé para o exercício de 1884 (aliás, erradamente, como “Brotas”).


ERJ 700 – Tobias (1917-1943)
ERJ 701 – Paraíso de Tobias (1943-2002)
ERJ 702 – AGC Paraiso de Tobias (1999- )

Pela Lei Estadual n.º 1.728, de 09-11-1921, é criado o distrito de Paraíso de Tobias com terras desmembrada do distrito sede de Santo Antônio de Pádua e Miracema e anexado ao município de Santo Antônio de Pádua (IBGE). Em 1935, os distritos de Miracema e Paraíso do Tobias são desmembrados para formar o município de Miracema, onde este último passa a ser distrito.

“Um dos primeiros a chegar na região de Pádua, em 1832, foi Francisco Tomaz Leite Ribeiro. Logo depois veio seu cunhado Plácido Antonio de Barros, e os dois formaram, respectivamente, as fazendas Cachoeira Alegre, a cinco quilômetros acima da cidade de Pádua, e a Fazenda Paraíso, que deu origem ao distrito de Paraíso do Tobias. O acréscimo do nome Tobias veio, mais tarde, de Tobias Joaquim Rodrigues, nome do português casado com uma das netas do fazendeiro Plácido. Pela sua permanência ali durante muitos anos é que se acrescentou, com o tempo, o nome Tobias.” [2]

O fato é que a agencia se chamou incialmente “Tobias”, nome que permaneceu de 1917 a 1943 quando foi alterado para “Paraíso do Tobias”.

Não possuo imagens.


ERJ 704 – Venda das Flores (1902-2002)
ERJ 705 – AGC Venda das Flores (1999 – )

Pela lei estadual nº 18, de 18-05-1936, é criado o distrito de Flores e anexado ao município de Miracema. Pelo decreto-lei estadual nº. 392-A, de 31-03-1938, o distrito de Flores passou a denominar-se Venda das Flores.

A agencia foi criada em 1902 já com o nome “Venda das Flores”.


Notas

[1] http://www.miracema.rj.gov.br/pag.php?p=19

[2] Texto baseado no livro de PICCININI, Rita Amélia Serrão. 2005. “A Casa da Águia – crônicas paduanas”


© 2011-2021 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em agosto de 2021)

2 pensou em “Miracema

  1. Olá, Fabio
    De fato, o próprio site menciona a data de 1883 como a mudança de nome oficial (fonte: IBGE). As agencias raramente seguem a mesma data, normalmente mais tarde e, as vezes, até antes.
    O Relatorio Agencias do Imperio de 1885 só cita Brotos em 1877.
    Como a tabela do site tem uma data precisa, tenho que consultar meus apontamentos para ver sua fonte. De qq modo, o carimbo é documento que não pode ser ignorado. Volto a você assim que tiver novidades, abrs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *