T01 – Francês

TIPO “FRANCÊS”

(Padrão Nacional BR-01)

O carimbo Francês deve seu nome à semelhança que possui com os carimbos usados na França no mesmo período. Alguns exemplares apresentam a sigla do mês grafada mesmo em francês. É provável que os Correios os tenham encomendado naquele país, embora não haja documentação a respeito.  É considerado o primeiro tipo de uso nacional.  Circulou na Capital, em Niterói e em outras 22 localidades do interior do Estado do Rio. Teve um longo período de uso, desde 1866 no Império até aproximadamente 1910 – já em plena República (embora eu não tenha conhecimento de exemplares do Rio no século XX).

Sua característica marcante é o florão (*) na legenda inferior. Trata-se de um tipo com notável padronização entre todas as localidades que os utilizaram, o que o faz um tipo a destacar.

TIPO 1 “FRANCÊS”
Subtipos Leg. Inf. Øext Øint Datador Orelhas Geografia Período
Tipo 1a Florão (*) 21 12 a 13 3L-A-2 sem ERJ-BR 1866-1899
Tipo 1b Florão (*) 21 12 a 13 3L-A-4 sem ERJ-BR 1900-1910

Carimbologia pg.5

 Coloquei dois carimbos do T[1a]: um sobre selo do Império e outro sobre selo da República. Infelizmente, não possuo imagem do exemplar do T[1b], com ano grafado em 4 dígitos.

Observações:

  1. A lista completa de agências que utilizou esse tipo de carimbo em todo o Brasil pode ser consultada no Catálogo Enciclopédico RHM de 1999.
  2. A classificação “Padrão Nacional BR-01” foi criada por Petrucci no livro que mencionei nas referências. Sempre que um tipo tiver sido classificado como padrão naquela publicação, acrescentarei essa informação.


©
www.agenciaspostais.com.br – julho de 2013

 

5 ideias sobre “T01 – Francês

  1. Olá Paulo. Creio que podemos considerar como Padrão Nacional 00 (Republicano) o carimbo chamado por Ponge e Flatau de “Último Tipo” (do Império) que é bastante semelhante ao Francês, apenas sem (*). Assim, teremos uma sequência republicana quase perfeita. Abraço Victor Petrucci

  2. Victor,
    tenho dúvidas sobre a sua proposta. Acho que fica melhor como vc propôs em seu livro.
    Vejamos:
    – o tipo Francês tem exatos 21mm de diametro, com poucas variações;
    – o “ultimo tipo” sem legendas, tem diametros variando entre 23 e 25mm. Ele é muito mais semelhante aos demais tipos do Imperio com pequenas legendas, que descrevi como tipos 2b, 2c e 2d que possuem exatamente as mesamas caracteristicas. Em outrasd palavras, é como se a falta de leganda fosse um caso particular de legenda
    abrs
    Paulo

  3. possuo em minha coleção o tipo 1b com 4 dígitos alias tenho uma coleção especializada deste tipo de carimbo com mais de 1000 peças que serviram para o estudo do catalogo Rhm posso mandar a imagem se precisar

  4. Prezado Fuad,

    estou impressionado com o tamanho da sua coleção de carimbos. Eu me lembro de ter visto seu nome citado no trabalho do RHM sobre esse tema.
    Agradeço antecipadamente as imagens que vc puder me enviar, serão todas incorporadas à coleção, com o devido crédito. No caso específico dos carimbo em 4 dígitos, lembro que eles devem ser de alguma localidade do Estado do Rio, objeto do meu trabalho. Meu email pessoal é prnovaes@gmail.com
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *