Pirai

pirai-2016

MUNICÍPIO DE PIRAÍ

Curato de Santana do Piraí foi criado em 15 de outubro de 1811 e deu origem à Freguesia de Santana do Piraí em 17 de outubro de 1817, subordinada a São João do Príncipe (atual Rio Claro).  Em 6 de dezembro de 1837 foi elevada à Vila de Santana do Piraí, desmembrada de Rio Claro. Elevada à cidade em 17 de outubro de 1874, seu nome foi simplificado para Piraí.

AGÊNCIAS POSTAIS

HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS DE AGÊNCIAS

A ESTRADA DE FERRO PIRAIENSE

A E F Pirahyense foi inaugurada em 1883 ligando Piraí a Barra do Piraí. Seu traçado segue o rio de mesmo nome. O mapa postal de 1888 representa os roteiros de malas, as agencias e as estações; consulte as convenções nas notas [1].

ef-pirai-1888

Sempre me intrigou a existência de duas estações Santana, sendo a mais conhecida e importante a da EFDP II – no mapa apresentada como S. Anna com a bandeirinha que indica agencia postal de 3a. classe [1]. Existe uma segunda, às vezes referida por Santana RMV, que é a estação inicial da EF Pirahyense. Minha pesquisa resultou no mapa detalhado que apresento abaixo [2] que mostra as duas estações:

Sant’Anna da EFDPII: a ferrovia EFCB atual está claramente identificada ao centro do mapa e a estação, abandonada, está na imagem abaixo. Inaugurada em 1864, veja sua história na nota [3].

Sant’Anna da EF Pirahyense: não há vestígio dessa estação; estimei sua localização baseado em relatos de viajantes [4].  Seu leito é o mesmo da estrada vista em laranja. Estação inicial da EFP inaugurada em 1883, ela não possuía conexão com a homônima vizinha; seu prolongamento até Barra do Pirai, em paralelo com a EFCB, só aconteceria em 1896.  Sua história está na nota [5].

NOTAS E INFORMAÇÕES

[1] Mapa Postal de novembro 1888, editado pela Diretoria Geral dos Correios (fonte: Hemeroteca da BN). Suas informações representam os roteiros de malas que, neste caso, seguem pelas ferrovias em tela. Note que a Piraiense está marcada como bitola estreita enquanto a EFDPII, que aparece à direita, está em bitola larga. Segue fac-simile das convenções.

[2] imagem Google Maps, com desenhos e textos adicionados pelo Autor. A divisa entre os municípios é a discreta linha pontilhada vermelha no canto inferior esquerdo que separa o distrito de Santanésia em Piraí e o bairro de Santana da Barra de Barra do Piraí.

 

[3] imagem do antigo prédio da estação de Sant’Anna, inaugurado em 07/08/1864. A agencia postal foi criada nesse edifício em 06/09/1864. A estação seria renomeada em 27/03/1946 para Santanésia. Isso é um mistério. Desde 1943 Santanésia é um distrito do município de Piraí; por que a EFCB daria esse mesmo nome a uma tradicional estação em Barra do Piraí? Em 02/09/1949 isso foi corrigido e a estação foi novamente renomeada para Santana da Barra, nome do bairro atual. Está abandonada.

[4] Os relatos de viajantes vindo do Rio pela D. PII dizem que “um pouco antes de chegar à estação Sant’Anna, via-se à esquerda, na margem do rio (NA: rio Santana) a pequena estação da Pirahyense”.

[5] A estação de Santana era a inicial da Pirahyense inaugurada em 1883. Ela não tinha conexão física com a vizinha Sant’Anna da linha do centro, havendo necessidade de baldeação. Em 1889 foi vendida à EF Sapucahy, que também adquiriu a EF Santa Isabel do Rio Preto, com planos de ligar Minas ao litoral. Em 29/12/1896 [6] conseguiu licença para estender seus trilhos até Barra do Piraí onde mais tarde os entroncou com os de Santa Isabel. Seus planos de chegar ao litoral não prosperaram. Mais tarde isso foi feito pela RMV. Veja capitulo de Estações Ferroviarias.

[6] estaçõesferroviarias.com.br (Ralph Giesbrecht)


Carimbos de Piraí

© 2011-2020 www.agenciaspostais.com.br (atualizado março de 2020)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *