Santo Antonio de Padua

santo-antonio-de-padua

MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DE PÁDUA

Curato de Santo Antônio de Padua foi criado em 24 de novembro de 1824 e elevado à Freguesia em 1º de junho de 1843, subordinada a São Fidelis. Emancipado em 2 de janeiro de 1882, com território desmembrado de São Fidelis, o município manteve o mesmo nome.

Histórico dos distritos (em azul os atuais)

  • Santo Antonio de Pádua (1843)
  • Santo Antonio de Brotos (1881)
    • Miracema (1883); desmembrado em 1935 para formar município.
  • Aperibé (1891);
    • Chave do Faria (1895)
    • Aperibé (1943) desmembrado em 1992 para formar município (*).
  • Ibitiguassu (1891);
    • Monte Alegre (1915)
    • Ibitiporã (1944)
    • Monte Alegre (1967)
  • Santa Cruz de Monte Alegre (1891);
    • São Pedro de Alcântara (1918);
    • Santa Cruz ( ? )
    • Santa Cruz de Monte Alegre (1923)
    • Santa Cruz (1938)
    • Ibitinema (1944)
    • Santa Cruz (1967)
  • Marangatu (1891)
  • Paraíso do Tobias (1921); desm. em 1935 para formar o município de Miracema.
  • Ibitiguassu (1924)
  • Paraoquena (1924)
  • Baltazar (1938)
  • São Pedro de Alcântara (1993)
  • Campelo (2003)

(*) A formação do município de Aperibé é curiosa e vale visitar a página do município.

AGÊNCIAS POSTAIS

REDE FERROVIÁRIA


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS DE AGÊNCIAS


Santo Antonio de Pádua (Local 1 no mapa)

A cidade de Santo Antônio de Pádua foi fundada por Frei Florido de Città di Castelli em  26 de julho de 1833.  As terras foram doadas para que Frei Florido pudesse aldear os índios Puris e os catequizasse. O proprietário João Francisco Pinheiro deu liberdade a Frei Florido de escolher o local que desejasse e ele escolheu as terras ao lado da Cachoeira, à margem esquerda do Rio da Pomba.

João Francisco Pinheiro exigiu de Frei Florido que o lugar se chamasse Arraial da Cachoeira, e que ficasse sob invocação de São Félix, seu santo de devoção. Assim foi feito e surgiu a localidade que passou, tempos depois, a se chamar Arraial de São Félix. Em 1841 surgiu a Capela de Santo Antônio e a localidade passou a ser chamada Arraial de Santo Antônio de Pádua (resumo do IBGE).

ERJ 1141 – Santo Antonio de Pádua (1855 –  )


Ibitiguassu (Local 2 no mapa) e Monte Alegre (Local 3 no mapa)


Pelo que se depreende da literatura, deduzo que Ibitiguassu e Monte Alegre disputaram por algum tempo a hegemonia no nordeste do município. Monte Alegre saiu na frente, com a primeira agencia criada, no final do Império, em 29.08.1889 segundo o Relatório dos Correios desse ano (imagem). A revanche veio com o DGC transferindo-a em 4/5/1892 para Ibytiguassu (BP), provavelmente porque em 19.09.1891 uma lei estadual havia elevado essa localidade a sede de distrito (IBGE), o que aliás, está ressaltado no próprio texto dos Correios (imagem).

 

A rodada de returno começa em 10.11.1915 com o distrito de Ibitiguassu “sendo renomeado Monte Alegre” por lei estadual (IBGE). Ou seja, a sede do distrito foi transferida para essa localidade, conforme conferimos no mapa de 1921 (imagem). Uma nova agencia postal Monte Alegre também já aparece no GP de 1914. O distrito permanece nesse local até os dias de hoje, embora tenha se chamado Ibitiporã num intervalo de duas décadas.

Mas o jogo terminaria empatado, pois Ibitiguassu seria novamente elevado a distrito por lei estadual em 18/11/1924 (IBGE). Ambas hoje são distritos e suas respectivas agências continuam funcionando sob a forma de AGC.

As imagens das igrejas de Santa Ana em Ibitiguassu e a de Santa Rita em Monte Alegre (na ordem das imagens) podem servir como desempate (ou os carimbos…)

 

ERJ 1143 – Ibitiguassu (1892-2000)
ERJ 1143A – AGC Ibitiguassu (2000 –  )

ERJ 1144 – Monte Alegre (1889-1892)
ERJ 1145 – Monte Alegre (1914-1943)
ERJ 1146 – Ibitiporã (1943-1967)
ERJ 1147 – Monte Alegre (1967-2000)
ERJ 1147A – AGC Monte Alegre (2000 – )


Campelo (Local 4 no mapa)


A estação de Campelo foi inaugurada em 1907 no último trecho da linha de S. Antonio de Pádua que chegou a Miracema em 1883. A agencia postal é de 1908 e está ativa como AGC. O local foi elevado a distrito em 2003. Não tenho imagens.

 


Estação de Barra/Paraoquena (Local 5 no mapa)


A estação de Barra, depois Paraoquena (ou Paraokena) era a porta de ligação entre o Rio e Minas, já que dela saía o ramal de Paraoquena que a ligava com a linha de Manhuaçu. Originalmente, a estação foi inaugurada em 1º de novembro de 1882 com o nome de “Barra” e renomeada Paraokena em 11 de setembro de 1885. Sabemos que a agencia postal de Paraokena foi criada a 26 de março de 1887 (Relatório Correios).

Não tenho informação oficial de uma agencia postal na estação Barra. Entretanto, na licitação de condução de malas para 1885 constam as seguintes linhas:

  • “de Tapirussu, est. a Barra, est.” Sabemos também que Tapirussu (ou Tapiruçu) no ramal de Paraoquena, MG tem agencia criada em 03/09/1881 (JFPS).
  • “Barra, est. a São Fidelis”, passando por Santo Antonio de Padua e mais cinco agencias na linha.
  • “Barra, est. a Miracema, est.”

O assunto lembra uma controvérsia entre os filatelistas: os roteiros de malas possuem sempre agencias nas duas pontas? Creio que quase sempre, mas há exceções; conheço casos em que há condução de malas entre uma estação e a cidade a que serve e, nesse caso, a estação não tem agencia, sendo simplesmente um ponto de trânsito.

No presente caso, há bastante pistas – além da agencia criada em sequência no mesmo local – Paraokena. Por isso, entra na lista.

ERJ 1150 – Barra (1885-1887)
ERJ 1151 – Paraoquena (1887-2002)
ERJ 1151A – AGC Paraoquena (2000 –  )

 


Santa Cruz do Monte Alegre / Ibitinema (Local 6 do mapa)


O local tem a mais antiga agencia postal do município após a da sede, criada em 22 de dezembro de 1883. O primeiro guia postal a mencioná-la foi o “Relatório das Agencias do Correio do Império”, publicado em 1885; nele, esta agencia está grafada “Santa Cruz” com categoria “Arraial”. Em 1899 foi renomeada Ibitinema, nome que manteve por quase 80 anos, sendo que o distrito também foi assim nomeado por algum tempo (entre 1953 e 1967). Hoje voltou a se chamar Santa Cruz.

ERJ 1153 – Santa Cruz do Monte Alegre ou Arraial de Sta. Cruz (1883-1899)
ERJ 1154 – Ibitinema (1899-1976)
ERJ 1155 – Santa Cruz (1976-2002)
ERJ 1155A – AGC Santa Cruz de Pádua (2011 –  )


Santa Luzia (Local 7 no mapa)

Não tenho imagens nem referências geográficas. O local é o indicado no site dos correios.

ERJ 1157 – AGC Santa Luzia (2003 – )

***

São Pedro de Alcântara (Local 8 no mapa)

O povoado foi elevado a sede de distrito em 1993. Está na divisa com Pirapetinga em MG. Há uma curiosidade: uma localidade com esse nome foi sede do distrito de Santa Cruz do Monte Alegre em 1918. Seria a mesma? A agencia postal é uma AGC criada em 2000.

ERJ 1158 – AGC São Pedro de Alcantara (2000 – )

***

Boa Nova  (Local 9 no mapa)

Boa Nova é povoado na beira da RJ-186 entre Marangatu e São Pedro de Alcântara.

ERJ 1159 – AGC Boa Nova (2015 – )

***

Marangatu (Local 10 no mapa)

Mangaratu é um dos mais antigos distritos do município, tendo sido criado em 1891. A agencia postal é de 1906 e está ativa como AGC.

ERJ 1160 – Marangatu (1906-2002)
ERJ 1160A – AGC Marangatu (2000 –  )


Balthazar (Local 11 no mapa)


Para finalizar, a mais antiga agencia fora da sede – Baltazar. A estação é de 12.06.1882 e a agencia criada poucas semanas depois e instalada na estação. Segundo o site estacoesferroviarias.com.br a estação foi demolida este ano.

ERJ 1162 – Balthazar (1882-2002)
ERJ 1162A – AGC Bathazar (2000 –  )


© 2011-2021 agenciaspostais.com.br ® rev. nov. 2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.