Sapucaia

MUNICÍPIO DE SAPUCAIA

Sua origem está ligada à Freguesia de Santo Antônio do Sapucaia, estabelecida em 16 de setembro de 1871 e subordinada à Magé. Foi elevada à Vila de Sapucaia em 7 de dezembro de 1874 com territórios desmembrados de Magé e de Paraíba do Sul (esta é a data oficial de aniversário). Elevada à cidade em 27 de dezembro de 1889.

AGÊNCIAS POSTAIS

 

REDE FERROVIARIA

O Ramal de Porto Novo

sapucaia-mapa-postal-de-1928

Ligando Três Rios a Porto Novo da Cunha, o ramal foi construído pela EF Dom Pedro II e inaugurado em 1871. Porto Novo era o local onde as barcas atravessavam o rio Paraíba, ligando os estados do RJ e MG. Embora parcialmente em território mineiro, o ramal era subordinado à administração central da EF no Rio. Da mesma forma, as agencias postais nelas estabelecidas se reportaram por algum tempo à DR-RJ. Estão nessa caso as agências das estações de Santa Fé (local nº8), Chiador (local nº9) e Porto Novo do Cunha (local nº10). As datas em que elas passaram à DR-MG estão indicadas na coluna “fechada”. Veja Mapa Postal de 1928 acima.

Por outro lado, algumas agências de Sapucaia foram subordinadas à DR-JFA, com sede em Juiz de Fora, no período de 1948 a 1963. Estão nesse caso Sapucaia, Anta e Nossa Senhora de Aparecida. Algumas agências de municípios limítrofes tais como Três Rios e Com. Levy Gasparian estiveram também na mesma situação.

 


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS

Sapucaia (Local 1 no mapa)


Um pouco de história:

Transcrevo a seguir os primeiros parágrafos do texto da Wikipedia (“Sapucaia – Rio de Janeiro”) que me pareceram abrangentes e irretocáveis.

As primeiras penetrações de origem europeia verificadas nas terras do atual município de Sapucaia datam do início do século XIX. Sua ocupação se efetuou a partir de 1808 após o Decreto de Abertura dos Portos às Nações Amigas. Antônio Inácio Lemgruber e Vicente Ubherlato foram importantes colonizadores das atuais terras ocupadas hoje pelo município. Por iniciativa de fazendeiros da região, construiu-se uma capela em homenagem a Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Pela Lei 262, de 26 de abril de 1842, a localidade recebeu o título de freguesia.

A difusão da notícia sobre a fertilidade dos solos, própria para cultivo do café, provocou fluxo contínuo de colonos para a região, como, por exemplo, Jämes François Perret (*), nome que aportuguesado se tornou Diogo Francisco Perretti, Coronel Joaquim Luiz de Souza Breves, Honório Hermeto Carneiro Leão – Marquês de Paraná, Deputado provincial do Rio de Janeiro, Brigadeiro de Cavalaria Inácio Gabriel Monteiro de Barros, filho do Visconde de Congonhas, Major José de Souza Brandão, o barão de Aparecida, permitindo o surgimento de arraiais, como o que se desenvolveu em 1856 e que recebeu a denominação de Santo Antônio de Sapucaia. A rapidez com que o povoado prosperou o levou a atingir, em 1871, o predicativo de Freguesia de Santo Antônio de Sapucaia e, em 1874, através do Decreto 2 068, de 7 de Dezembro, a categoria de Vila de Sapucaia, constituindo-se sede do novo município, instalado em 03 e abril de 1875.

O primeiro momento de crescimento deu-se com a construção da estrada entre Magé (Porto Piedade) e Sapucaia iniciada pelo Capitão Francisco Leite Ribeiro e seu irmão, Custódio Ferreira Leite – Barão de Ayuruoca.

Nota (*) – sobre esse cidadão, ver matéria em Peão no local 6 mais abaixo.

***

A partir deste ponto, retomo a autoria do texto

A estrada comercial que ligava a Côrte a Minas Gerais era administrada desde os anos 1840 pela “Companhia Estrada de Magé a Sapucaia”, responsável também pela conservação da ponte, onde havia uma barreira fiscal do governo. Em 1853 o Presidente da Provincia de MG apresentou relatório sobre a situação das pontes, informando que a de Sapucaia havia desmoronado, mas que sabia da intenção da Cia. em construir uma nova.

Esta foi construída no modelo pênsil, como se vê na imagem, e foi aberta ao tráfego em dezembro de 1856. Foi uma das primeiras obras desse tipo no país. Diz o relatório apresentado à Assembleia Legislativa do RJ em 1857: “(A ponte pênsil de Sapucaia) é digna de nota pela firmeza de sua construção e elegância de suas formas. Lançou-se sobre o Rio Paraíba, aproveitando duas margens pedregosas…e já se encontra aberta ao tráfego.”

Agencia postal

 Toda essa introdução com as pontes explica por que a agencia local foi denominada “Ponte de Sapucaia” ao ser criada em 21 de agosto de 1846, pois, com vimos no bloco anterior, o Arraial de Santo Antonio de Sapucaia só surgiu em 1856 e foi elevado a Freguesia somente em 1871. Não tenho notícia de que tenha havido uma nota oficial de alteração do nome, mas desde o início os textos filatélicos se referem a ela como “Sapucaia”, o que permanece até hoje. A estação é de 1871, o que talvez tenha motivado a elevação a Freguesia.

ERJ 1328 – Sapucaia (21/08/1846 – )

 


Novo Sertão (Local 2  no mapa)


Situado entre Sapucaia e Aparecida, como se vê no Mapa Postal de 1930, o local teve agencia por poucos anos, entre 1893 e 1907; é até estranho ainda figurar nesse mapa.

ERJ 1329 – Novo Sertão (1893-1907)


Vargem Alegre de Sapucaia (Local não identificado)


A agencia foi criada em 1896 e fechada em 1899, em datas bem documentadas. Na localidade de Vargem Alegre em Sapucaia encontrei algumas notas na imprensa sobre movimentação de professores, todas mais ou menos nessa mesma época. Depois, mais nada. Imagens não tenho.

ERJ 1330 – Vargem Alegre de Sapucaia (1896-1899)


Anta (Local 4 no mapa)


Foto Jorge A. Ferreira (estacoesferroviarias.com.br)

Anta é a primeira estação do Ramal de Porto Novo em território de Sapucaia. Ela foi inaugurada em 1875 e a agencia postal foi criada logo em seguida e instalada no mesmo edifício. A foto, da estação já desativada, é de 2009 – pouco antes de serem retirados os trilhos.

 

ERJ 1331 – Anta (1875-2000)
ERJ 1332 – AGC Anta (2000 – )

 


Nossa Senhora da Aparecida (Local 5 no mapa)


Como vimos no primeiro bloco de informações em Sapucaia, esta é a mais antiga localidade do município, surgida com a construção de uma capela em homenagem à Santa que foi elevada a Freguesia em 1842. A agencia “Aparecida” é do mesmo ano, sendo também a mais antiga. Já centenária, foi renomeada Nossa Senhora da Aparecida (1943).

A criação do arraial de Nossa Senhora Aparecida, que mais tarde foi elevado a freguesia, em alguns aspectos se confunde com a criação da fazenda homônima e se deu com a vinda dos primeiros desbravadores por volta de 1825. Entre eles estava o Sr. Manoel Afonso Vellado, rico fazendeiro que, tendo se curado de grave doença devido à graça alcançada por intercessão da Virgem, fez generosa doação de uma área de sua fazenda para que no local fosse edificada uma capela dedicada à santa. A fazenda ainda está sob a guarda dos herdeiros (texto e foto do Instituto Cidade Viva)

ERJ 1333 – Aparecida (1842-1943)
ERJ 1334 – Nossa Senhora da Aparecida (1943-2002)
ERJ 1335 – AGC Nossa Senhora da Aparecida (1999- )

 


Peão  (Local 6 no mapa)


Peão é uma agencia criada em 1879 e fechada em 1892, provavelmente ainda sob influência do ciclo do café. Creio que este povoado não guarda relação com o distrito de Pião criado em 1964 e sobre o qual comentarei no próximo parágrafo.

Possuo na coleção uma carta de 1845 endereçada à Fazenda Boa Esperança que me chamou a atenção e resultou em matéria que publiquei na revista Filacap em 2021. Os que tiverem interesse podem consultar o artigo “Carta Perret”.

ERJ 1336 – Peão (1879-1892)

 


Pião / Vila do Pião / Volta do Pião (Local 6A no mapa)


A região está próxima às encostas montanhosas que possuem o pico mais elevado da região, conhecido como Pico do Pião. Como se pode ver no mapa Wikipedia que abre o bloco, o local conhecido por “Volta do Pião” se estende por três municípios: Sapucaia, São José do Vale do Rio Preto e Teresópolis, com extensa divisa com Sumidouro.

Isso é motivo para controvérsias, como se pode ver na matéria do jornal O Globo de março de 2021. Do meu ponto de vista, eu a mantenho em Sapucaia porque assim o fazem os Correios. O local é sede de distrito desde 1964. Infelizmente não possuo peças postais para acompanhar a discussão.

ERJ 1337 – Pião (1976-2002)
ERJ 1338 – AGC Vila do Pião (2000 – )

Jamapará (Local 7 no mapa)


Jamapará é sede de distrito de Sapucaia desde 1953. A agencia só chegou em 1976 e hoje atua com uma AGC. Sem imagens.

ERJ 1339 – Jamapara (1976-2002)
ERJ 1339A – AGC Jamapara (1999- )

 


Ramal de Porto Novo

Estações em território mineiro (Locais 8 a 10)


O Ramal saía de Três Rios e não possuía nenhuma estação com agencia antes de entrar em território mineiro. Acompanhando a linha desenhada em preto no mapa no topo da página (e também a tabela da linha 9) nota-se que três das estações (Santa Fé, Chiador e Porto Nova da Cunha) estavam em território de MG. Apesar disso, as agencias postais ficaram subordinadas à DR-RJ por alguns anos e mais tarde passaram para Minas. Vale dizer que a agencia de Porto Novo é anterior à estação, mas também respondia à DR-RJ.

O período em que permaneceram no Rio está grafado na tabela de agencias.

ERJ 1340 – Santa Fé (1869-1888)
ERJ 1341 – Chiador (1869-1908)
ERJ 1342 – Porto Novo da Cunha (1851-1885)


Unidades de Serviço


A legenda superior “UD Sapucaia” é incomum. Penso que se refira a “Unidade de Distribuição” que usualmente é referida por CDD – Centro de Distribuição Domiciliária”.

 


© 2011-2022 www.agenciaspostais.com.br (atualizado janeiro de 2022)

2 pensou em “Sapucaia

  1. Prezado Jose Luiz,
    obrigado pelos comentários. Você pode me enviar suas imagens que terei prazer em publicar.
    Abrs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.