Silva Jardim

 

Mapa de Localização das Agencias Postais

MUNICÍPIO DE SILVA JARDIM (antigo CAPIVARY)

Sua origem está ligada ao distrito de Nossa Senhora da Lapa de Capivari, criado em 12 de janeiro de 1755 e subordinado a Cabo Frio. Elevado à Vila de Nossa Senhora da Lapa de Capivari em 8 de maio de 1841 é desmembrado de Cabo Frio e Araruama e instalado em 1843. Essa é data oficial de aniversário. Em 3 de janeiro de 1890 foi elevado à cidade e sua denominação alterada para Município de Capivari. Finalmente, em 31 de dezembro de 1943 assume a sua denominação atual, Silva Jardim (IBGE).

***

Antônio da Silva Jardim (Capivari, 18 de agosto de 1860 – Nápoles, 1 de julho de 1891) foi um advogado, jornalista e ativista político brasileiro, formado na Faculdade de Direito de São Paulo. Teve grande atuação nos movimentos abolicionista e republicano, particularmente no Rio de Janeiro. Ao viajar para Nápoles, visitou Pompéia e quis escalar o vulcão Vesúvio onde morreu em um acidente.

Relação dos distritos com seus topônimos ao longo do tempo (atuais em azul).

  • NS da Lapa do Capivari (1755); Capivari (1890); Silva Jardim (1943)
  • Correntezas (1844); Maratuan (1904); Correntezas (1933); Aldeia Velha (1938); Silva Jardim (1938); Quartéis (1943); Aldeia Velha (1990)
  • NS da Conceição dos Gaviões (1860) anexado a cachoeiras de Macacu (de 1877 a 1880); Gaviões (1911)
  • Bananeiras (1926, desmembrado de Correntezas); Correntezas (1943)

AGÊNCIAS POSTAIS

REDE FERROVIÁRIA

Mapas físicos da bacia do Rio São João

A bacia do rio São João abrange sete municípios fluminenses, dos quais Silva Jardim é o único inteiramente incluído. Junto com a vizinha bacia do Rio das Ostras, estão descritas em livro pelo Consórcio Ambiental Lagos – São João, de onde extraí a imagem acima.

O Wikimapia nos mostra em destaque a área do município integralmente dentro da bacia do rio S. João (limites em traços verdes). A região abriga importantes reservas ambientais, como a APA da Bacia do Rio São João/Mico-Leão-Dourado e a Reserva Biológica Poço das Antas, ambas administradas pelo ICMBio. O mapa atual de localização das agencias postais apresentado no topo da página, permite ver os traçados da BR 101 e da ferrovia Ramal do Rio Bonito.
Todas essas informações serão relevantes na localização das agencias postais que descreverei a seguir.


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS DE AGÊNCIAS


Capivary / Silva Jardim

Como se vê no parágrafo de abertura, a Freguesia se chamava NS da Lapa de Capivary. A agência, criada em 1843 (ERJ 1373),  recebeu o nome simplificado de Capivary. Os carimbos com essa legenda  são muito difíceis de distinguir dos utilizados pela agencia paulista homônima criada em 1847. R. Koester em seu trabalho de carimbologia atribui o PA 1261 a SP e o PA 1262, com reservas, ao Rio de Janeiro (veja imagens abaixo; tenho duvidas também do tipo T 2a aí apresentado). As dúvidas se dissipariam a partir de 1886 quando a agencia foi renomeada Lapa de Capivary.

ERJ 1373 – Capivary (1843-1881)
ERJ 1374 – Lapa de Capivari (1881-1941)
ERJ 1375 – Capivari (1941-1943)
ERJ 1376 – Silva Jardim (1943 – )


Agências comunitárias nas proximidades da sede:

 ERJ 1376A – AGC Fazenda Brasil (2004 – )

ERJ 1377 – AGC Boqueirão (2000 – )

ERJ 1377A AGC Coqueiro (2004 – )


Cesario Alvim


Estação de entrada no município no sentido de Macaé, teve estação construída em 1886 homenageando o então presidente da província do Rio de Janeiro. Com a construção da BR 101, a vizinha localidade de Varginha centraliza hoje o comércio da região. A linha ferroviária está desativada.

ERJ 1378 – Cesario Alvim (1886-1869)

Agencias comunitárias nas proximidades de Cesário Alvim

ERJ 1379 – AGC Varginha (1999 – )

ERJ 1380 – Imbau (1979-1990)

ERJ 1380A – AGC Imbau (1999 – )

ERJ 1381 – AGC Caxito (2004 – )


Juturnaiba


A estação de Juturnahyba foi construída em 1887 na linha original que margeava o lago. A imagem é atual do Google Maps e a mostra quase dentro d’água. A agencia é do mesmo ano. Posteriormente a linha foi retificada.

ERJ 1382 – Juturnaiba (1887-1963)


Poço d’Anta (posição 4 no mapa)


A estação fica hoje dentro da Reserva Biológica do Poço das Antas, administrada pelo ICMBio. O texto da Wikipedia nos informa que existe uma fauna típica da Mata Atlântica, com uma riqueza considerável de espécies de aves e presença de mamíferos raros, como o mico-leão-dourado e a preguiça-de-coleira. A estação e a agencia são de 1888.

ERJ 1383 – Poço d’Anta (1888-1963)


Correntezas e Aldeia Velha (posições 5, 6, 7, 8 e 9 no mapa)


Pelos motivos citados, tem sido um árduo trabalho determinar a localização precisa dessas povoações (e consequentemente as agencias).
Sabemos que o rio da Aldeia, até 1850 referido por rio da Ipuca, é atualmente divisa com o município de Casimiro de Abreu. Neste, é citada sua origem como uma aldeia dos índios Guarulhos, origem da Freguesia Sacra Familia de Ipuca em 1761 mas que foi abandonada pouco tempo depois.
Esse topônimo foi também usado para o rio da Aldeia e para a própria povoação, que se chamou Aldeia Velha do Ipuca. Constitui-se assim na mais antiga povoação da bacia do São João após a Nossa Senhora da Lapa, sede do municipio.
O segundo distrito de Capivari foi criado com o nome de Correntezas em 6 de junho de 1844. Segundo o IBGE, reproduzo abaixo a confusa sequência de nomes desse distrito. Aparentemente, a sede do distrito foi sendo realocada (ou renomeada) ao sabor dos ventos econômicos ou políticos para os cinco locais que descreverei a seguir.

  • Correntezas (1844); Maratuan (1904); Correntezas (1933); Aldeia Velha (1938); Silva Jardim (1938); Quartéis (1943); Aldeia Velha (1990)

Segue a relação dos topônimos que encontrei em cada mapa que pesquisei, seguidas das respectivas datas de publicação:

  • Local 5: Correntezas em 1861, 1866, 1867, 1884*, 1888, 1896, 1922 e 2020
  • Local 6: Correntezas em 1853; Aldeia Guaçu do Ipuca em 1848 e 1853; Aldeia Velha em 1861, 1866, 1867, 1888 (Postal) e 1892; Ipuca em 1888 e Rio Morto** em 1884
  • Local 7: Aldêa Velha em 1823, 1830, 1922 e 2020 (também Quartéis); Aldeia Velha do Ipuca em 1848 e 1853; Quartéis em 1953, 1960 e 2009
  • Local 8: Maratuã (2020)
  • Local 9: Correntezas*** em 1953, 1960 e 2020 (Wikimapia); Bananeiras em 2020 (rodoviário)

(*) agencia criada e cancelas no mesmo exercício
(**) talvez na margem direita do S. João, junto à foz do rio Morto
(***) aparentemente Correntezas mudou para um local mais elevado.

***

LOCAL DAS AGENCIAS

Baseado nos topônimos de cada época e nas datas de criação de cada agencia, eu as posiciono em cada local, como a tabela das agencias do topo da página indica.

Local 5 (local original de Correntezas)

ERJ 1384 – Correntezas (13.02.1884 – 31.07.1884)

Correntezas teve agencia de vida curtíssima: nota em 12 de fevereiro de 1884: “Foi creada uma agencia de correio na sede da freguesia de Correnteza, município de Capivary” e logo em seguida a nota de 31 de julho do mesmo ano: “Fica declarada sem efeito a portaria que criou (…)”. Talvez por engano de local, já que praticamente na mesma data a agencia Rio Morto foi criada em 28.07.1884 Ver a seguir.

Local 6

Rio Morto: desta, temos duas notas. A primeira nota de criação é de 28.07.1884 (Gazeta de Noticias) e a segunda em 11.01.1886 (Diario de Noticias): “Foi creada pelo DGC uma agencia do correio no logar denominado Rio Morto, da Aldêa Velha, da Freguezia de Correntezas, município de Capivary”.

A primeira nota é aparentemente a correção de um erro burocrático – ou político – em localizar a agencia em Correntezas (ver local 5) e em seguida cancelar. O mistério persiste no porquê de uma segunda criação dois anos depois e na ausência de datas de fechamento de ambas.

Conhecemos também o ato da AL de criação de escola pública em Rio Morto, que atesta a importância do local. Mas, creio que por engano, o local está grafado freguezia de NS da “Conceição de Correntezas” ao invés de Amparo de Correntezas, já que local com aquela grafia não existe. Não possuo imagens de carimbos.

***

Local 7 (também Quartéis)

ERJ 1385 – Aldeia Velha (1929-1963)
ERJ 1387 – Quartéis (1976-1999)
ERJ 1387A – AGC Aldeia Velha (1999-2019)

Finalmente temos notícia da criação de uma agencia na povoação de Aldeia Velha, da qual temos notícia no local 6 desde meados do século XIX, inclusive em mapas (junto ao rio S. João). No entanto, em 1929, os mapas já a registram no alto do rio da Aldeia, nos contrafortes da serra, no local 7 também conhecido por Quartéis.

***

Local 8 (Maratuan)

ERJ 1388 – Maratuã (1906-1940)

Maratuã foi sede de distrito de 1904 a 1933 como nos informa o IBGE. Período em que se registra também a agencia postal. Não possuo imagens.

***

Local 9 (também Bananeiras)

ERJ 1389 – Correntezas (1976-2000)
ERJ 1390 – AGC Bananeiras (1999- )

Correntezas reaparece como agencia depois do breve evento de 1884. Mas desta vez no alto do rio Bananeiras e não mais nas margens do rio S. João. A agencia foi sucedida por uma AGC cujo nome está mais ligado ao atual nome do lugar.


Gaviões


A Freguesia de Nossa Senhora da Conceição dos Gaviões é uma das três mais antigas do município. O Curato foi criado em 28 de julho de 1860. Fazia divisa com o município de Santana do Macacu, ao qual foi anexado em 1877 e elevado a Freguesia em 1879. No ano seguinte, foi remembrado a Silva Jardim quando recebeu uma agencia postal que está ainda ativa sob a forma AGC.

ERJ 1392 – Gaviões (1883-2000)
ERJ 1392A – AGC Gaviões (1999 – )


© 2011-2021 agenciaspostais.com.br (rev set 2021)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *