T15 – 1947

TIPO “1947”

(Padrão Nacional BR-11)

Em seu livro, Petrucci informa que em 1947 acontece uma reformulação gráfica dos carimbos utilizados no país e que o tipo foi lançado com alarde pelos Correios, tendo sido objeto de reportagens nas seções filatélicas dos jornais. Acrescenta que esse tipo é tradicionalmente conhecido por “1947”.

Mantive a nomenclatura por tradição, embora tenha registro de exemplares semelhantes mais antigos em agências do DF utilizados de maio de 1944 até 1946 pela 4ª Secção do Correio Central do DF na correspondência expressa.

O tipo T[15] – “1947” inaugura o datador 1L-A-2, com orelhas e mantendo BRASIL na legenda inferior. Eles mantiveram grande homogeneidade ao longo dos 25 anos que circularam. Entretanto, registro três variedades relativamente escassas circuladas no Rio de Janeiro no mesmo período.

Subtipo [15a] – “1947 Reduzido”: uma variedade em tudo semelhante ao “1947” exceto pelos diâmetros reduzidos: 27 x 18 mm. Conheço somente exemplares de três agências, todas no DF: Av. Rio Branco, Lapa e São Francisco Xavier. O primeiro exemplar conhecido tendo circulado em 1945.

Carimbologia T15

 

Subtipo [15b] – essa variedade não possui orelhas e tem legenda inferior DR-DF ao invés de BRASIL. Circulou na agência  da estação D. Pedro II e no município de Nova Iguaçu. Somente três exemplares conhecidos. Vale o registro, pois de certa forma representa o tipo de transição para o [T16] onde só o tipo de datador será alterado.

Subtipo [15c] – também não possui orelhas, que a agencia Quitandinha (Petrópolis) incorpora como DR-RJ na legenda superior mantendo BRASIL na inferior.

©2013-2018 www.agenciaspostais.com.br – agosto de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *