T40 – Especiais Unicos

TIPOS “Especiais Únicos”

A dificuldade em montar um catálogo de tipos de carimbos está em escolher entre as tantas variações conhecidas quais aquelas que têm potencial para se tornar um tipo a destacar e não, simplesmente, um erro, um acidente, ou um exemplar que resultou em uma encomenda espúria. Ao longo deste trabalho, tentei usar critérios para fazer essas escolhas. Os selecionados têm a ver com a quantidade de exemplares disponíveis e, o mais importante, que tenha sido usado por mais de uma agência e por algum tempo. Os que não atenderam a essas características não foram catalogados, mas, mesmo assim, alguns deles merecem ser apresentados pelas suas características especiais e pelo seu valor histórico. Assim, vou listar abaixo alguns desses tipos, que chamei de especiais, por terem aparecido uma única vez, em uma única agência ou seção.

TIPOS “8ª SECÇÃO”

 A 8ª Secção do Correio Central é notável pela coleção de tipos exóticos que utilizou ao longo do tempo. Este é mais um deles, utilizado na virada do século XIX, com várias características que o tornam único:

  • O datador do T[40a] (dia) usa um formato com o mês em 4 dígitos. Não conheço outro exemplo. Veja o primeiro exemplar, “MARC” como março e o segundo, “SETE” como setembro. Não conheço outro caso – nem mesmo o seu irmão T[40b] (noite) o acompanha, grafando o mês com os tradicionais 3 dígitos.
  • Ainda sobre o datador, nota-se que ele não estava preparado para a mudança de século, o que nos outros carimbos obrigou à troca do datador. Assim, o ano de 1900 é grafado “MARC _1” ou seja, eliminando o primeiro dígito e regulando o segundo em 1. Caso único.
  • Os diâmetros 30x20mm não têm paralelo nessa época. Eles viriam a se tornar um padrão, mas somente em meados dos anos 1920, quando foi introduzido pelos tipos T[10] e T[12].

Resumindo, é um carimbo que antecipa o estilo que seria adotado quase 30 anos depois. Tudo leva a crer que se tratava de um carimbo de recepção (repare que a segunda imagem é de um cartão postal do exterior). Talvez encomendado no exterior?

TIPO 8ª SECÇÃO
Øext Øint Datador Geografia Período
Tipo 40a 30 20 DD MMMM AA MRJ 1899 – 1901
Tipo 40b 30 20 DD MMM AA MRJ 1899

Tipo Especial pg1

 

TIPOS “POLIGONAIS”

Para efeito didático, reuni aqui os tipos poligonais, uma exceção ao tipo de carimbo “circular datador” que é a base deste trabalho. Aqui não estão englobados os carimbos retangulares de serviço, administrativos ou de postos de correio sobre os quais falarei em capítulo específico, mas aqueles que, apesar de seu formato peculiar, eram assemelhados aos circulares em alguns aspectos. Todos foram usados por departamentos, seções do Correio Central.

TIPOS POLIGONAIS
Formato Dimensões Datador Geografia Período
Tipo 40c quadrado lado 25mm 3L-A-4 MRJ 1900-1907
Tipo 40d hexagonal 29 x Ø 13 mm 3L-A-4 MRJ 1900-1907
Tipo 40e octogonal 29 x Ø 14 mm 3L-A-4 MRJ 1928

Tipo Especial pg2

Tipo 40c: os carimbos quadrados “PAQUETE” da 4ª Secção. Paquete era a denominação dos navios movidos a vapor lançados no início do séc. XX que abreviaram a travessia oceânica para menos de um mês e que eram também usados para o transporte de cartas e encomendas – pacotes – postais. O nome é derivado do inglês packet-boats, que gerou também o francês paquebot. Como o francês era a língua postal oficial, assim ficou conhecido o serviço. Um curioso carimbo de Moçambique mostra a legenda mista “paquete” e “paquebot” (www.paulosequeira.com).

Tipo 40d: carimbos “HEXAGONAIS” de remessa de valor da 6ª Secção. Não sei como se chegou ao formato sextavado (lado 14mm e diâmetro 26mm). Alguns exemplares do site da 6ª que selecionei permitem ver a semelhança e a evolução dos carimbos.

Tipo 40e: carimbos “OCTOGONAIS” do serviço expresso da 2ª. Secção. Diferentemente do anterior, os octogonais foram os primeiros a serem utilizados nesse serviço. Lado de 10mm e diametro de Não conheço outro caso no Rio de Janeiro.

 TIPO “MEDALHÃO”

Este carimbo da 8ª Secção (ela, mais uma vez!), tem o circulo central desenhado em forma de medalhão, o que não tem paralelo em nenhum outro tipo do Rio. Como curiosidade, no site de Moçambique encontrei algo similar, cuja imagem está ao lado para ilustração. Há vários exemplos apresentados em www.paulosequeira.com, a partir de 1905.

TIPO MEDALHÃO
Øext Øint Datador Geografia Período
Tipo 40f 26 17,5 1L-R-4 MRJ 1904-1906

Tipo Especial pg3

 

 

Tipo “AEROPORTO”

Vale apresentar esse carimbo por suas características. São diferentes os diâmetros, a tipologia do datador e as legendas “Aeroporto” e “DR-D.Federal”, ambas inéditas. Poderia classifica-lo como um tipo exótico, mas vale a classificação por ter sido utilizado pela 9ª. Secção, da qual disponho de poucos exemplares. Neste caso, abri uma exceção e apresento a imagem de um envelope.

TIPO AEROPORTO
Øext Øint Datador Geografia Período
Tipo 40g 32 17 1L-A-2 MRJ 1940

Tipo Especial pg4

 

Tipo “ESTAÇÃO”

Único caso entre os “especiais únicos” a não ser utilizado pelo Correio Central, esse tipo foi utilizado pela APT Dom Pedro II (Estação Central do Brasil) e tem várias características curiosas. Entre elas, o círculo único e a data em ‘placa’, o que precedeu, em 50 anos, o similar tipo PLACA T[24]. Outra curiosidade é o fato de ter usado quase simultaneamente dois datadores: um com o ano em quatro dígitos T[40h] e outro com dois T[40k].

TIPO ESTAÇÃO
Øext Øint Datador Geografia Período
Tipo 40h 30 0 1L-A-4 MRJ 1932-33
Tipo 40k 30 0 1L-A-2 MRJ 1933

Tipo Especial pg5

 

© agenciaspostais.com.br – agosto de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *