Cachoeiro de Itapemirim

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM TN

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

O distrito é bastante antigo, tendo sido criado pela lei provincial n.11 em 16 de julho de 1856, subordinado a Itapemirim. Logo a seguir foi elevado a município em 23 de novembro de 1864 e a cidade em 1889. Conhecida como a capital do café, sua economia prosperou rapidamente  e tornou-se importante entroncamento ferroviário.

O nome deve-se às cachoeiras que se formam no leito do rio tornando o local o ponto mais navegável do interior. Nesse local, a uns 40 km da foz, desenvolveu-se o Porto de Cachoeiro (grafado Caxoeiro no mapa abaixo).

Mapa Rivierre de 1878

Cachoeiro ao ser estabelecido possuía um vasto território. Ao longo do tempo, foram-se desmembrando novos municípios, num total de 22 até o momento. Ainda no Império Alegre (1884) e Mimoso do Sul (1887).

Histórico dos distritos

Distritos atuais:

  • São Pedro do Cachoeiro de Itapemirim (1856) subordinado a Itapemirim. Elevado a município em 1864.
    • Cachoeiro de Itapemirim (1889) ao ser elevado a cidade.
  • Pacotuba (1921)
  • Conduru (1927)
  • Floresta (1932)
    • Burarama (1943)
  • Itaoca (1953)
    • Presidente Vargas (1955)
    • Itaoca (1968)
  • Vargem Grande do Soturno (1953)
  • Córrego dos Monos (2007)
  • Coutinho (2007)
  • Gironda (2007)
  • Gruta (2007)
  • São Vicente (2007)

Distritos desmembrados ao longo do tempo:

  • São João do Muqui (1911)
    • Desmembrado em 1912 para formar o atual município de Muqui
  • Estação Castelo (1891)
    • Desmembrado em 1928 para formar o município de Castelo
  • Conceição do Castelo (1871)
    • Desmembrado em 1928 para formar o município de Castelo
  • Vieira Machado ou São Sebastião da Lage* (1910)
    • Transferido em 1933 para o município de Muniz Freire
  • São Gabriel do Muqui (1912)
    • São Felipe (1913)
    • Marapé (1943)
    • Desmembrado em 1963 para formar o município de Atilio Vivacqua.
  • São Jose (1911)
    • Virginia (1915)
    • Jaciguá (1943)
    • Desmembrado em 1963 para formar o município de Atilio Vivacqua
  • Vargem Alta (1933)
    • Desmembrado em 1963 para formar o município de Atilio Vivacqua

(*) o IBGE relaciona ambos na mesma data, embora separadamente, mas não volta a falar sobre São Sebastião da Lage. O único local onde eu o encontrei novamente foi no município de Muniz Freire onde, nos anos 1960-70, reporta-se um troca-troca com os dois nomes. Não há agencia com esse nome.

Planilha das agencias postais:

Rede ferroviária:

Cachoeiro do Itapemirim foi seguramente o maior entroncamento ferroviário do estado. Nada menos de cinco ferrovias cruzaram seu território ligando-o à capital e aos estados vizinhos do RJ e de MG. Seus trechos dentro dos limites do município estão detalhados nas planilhas abaixo. O mapa Moraes de 1944 apresentado acima permite uma visualização geral.

Obs. 1) Lembro que minhas planilhas só apresentam as estações em locais que tenham sido servida também por agencias postais. Assim, a planilha da Linha 5 abaixo é uma exceção, pois apesar de não ter tido nenhuma agencia postal em seu território, a considero importante para o quadro geral.

Obs. 2) A mais importante é sem dúvida a Linha 1 (Itabapoana-Vitória), trecho da chamada Linha do Litoral que por algum tempo permitiu a ligação ferroviária direta de Vitória ao Rio de Janeiro. Essa linha está descrita em profundidade no município de Vargem Alta. Clique aqui para acessar diretamente.


HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS 


Caxoeiro / São Pedro do Cachoeiro / Cachoeiro do Itapemirim – Local 1 no mapa


A dificuldade com este local já se inicia com a grafia do nome, como por exemplo Cachoeira(s), Cachoeiro(s), Caxoeiro, variantes de São Pedro do Cachoeiro e assim por diante. Com as agencias não será diferente. Vou seguir a apresentação em uma ordem cronológica.

1856

Uma certeza é a data criação da Freguezia de São Pedro dos Cachoeiros em 16 de julho de 1856 [1]. Pelo menos está em linha com a informação do IBGE sobre a criação do distrito – mas a grafia é São Pedro de Cachoeiro de Itapemirim (vale dizer que só nas três primeiras linhas o IBGE muda para “do Cachoeiro” e depois “Cachoeira”; pode?).

1858

A informação seguinte vem do Relatório dos Correios de 1858 onde há uma tabela de datas de criação de agencias. Nela, consta Cachoeiro como criada em 1858, a mais nova das dez então existentes na Província.

1861

Cachoeira ultimamente supprimida” conforme ata de 1861 da Assembleia Legislativa da Provincia do ES (imagem abaixo).

1863

Agencia “Cachoeiros” restabelecida com nomeação de agente em 9.7.1863

1867

Em 25 de março de 1867 o distrito é elevado a município, como mostra “O Itabira” jornal local em seu segundo ano de vida. O nome da sede do jornal ao alto é “Cachoeiras de Itapemirim”.  Não observei nenhuma influência do ato político sobre o nome das agencias ou grafia dos carimbos. Mas, para exemplificar a dificuldade com datas neste trabalho, vale registrar que o site do IBGE informa 23/11/1864 como essa data de emancipação.

**

As próximas notas sobre a agencia são um tanto contraditórias. A pesquisa é difícil, dada a diversidade de topônimos usados.

  • A nomeação de Gabriel Penna como ajudante de agencia “do correio dos Cachoeiros” em 9 de julho de 1863 [2]. Ele seria nomeado agente postal em 1864 em substituição a Pedro Teixeira Duarte, este um fazendeiro de café local. Portanto, a agencia seria anterior a julho de 1863, mas não encontrei essa informação.
  • A exoneração de Gabriel Penna do cargo de agente do correio da “villa de S. Pedro da Cachoeira” em 18 de junho de 1867 [3]
  • O agente do correio da “Villa da Cachoeira” que alega ser agente desde abril de 1872 [4]
  • Em 1878, menção à agencia da “Villa de S. Pedro da Cachoeira[5]
  • O Guia Postal de 1880 só registra a agencia de “S. Pedro da Cachoeira
  • A partir de 1881, as notas publicadas registram unicamente a Cachoeiro(a) do Itapemirim, culminando com o registro “Cachoeiro do Itapemirim” no detalhado GP de1906.

Mas… carimbos grafados “S.P. da Cachoeira” circularam por volta de 1880. Acho pouco provável que a agencia tenha sido renomeada oficialmente São Pedro da Cachoeira.  Mais provável que tenham resolvido usar por algum tempo no carimbo outra forma do nome por algum tempo. Pela curiosidade, vou deixá-los catalogados na EES 252.

 Notas e fontes

[1] Almanak do Imperio da Santa Cruz, ed. 1879. Publicação de O Apóstolo, RJ
[2] Diario do Rio de Janeiro, mesma data.
[3] Jornal da Victoria ed. 17/07/1867
[4] O Espirito-Santense de 12/04/1875
[5] Relatórios da Assembleia Legislativa da Provincia do ES em 1878

Imagens

EES 251 – Cachoeiro (1858-1861)

Não possuo imagens

EES 252 – São Pedro da Cachoeira (1878-1889)

EES 253 – Cachoeiro de Itapemirim (1863 – )

Carimbos de Serviço


Agencias terceirizadas da zona urbana de Cachoeira


EES 254 – ACF Pegab Autopeças (1992-1996)
EES 258 – ACF Bernardo Horta (1992-2012)
EES 262 – ACF Santos Neves (1992-2012)

 


Matosinhos (estação) – Local 2 no mapa


EES 263 – Matosinhos, estação (1890-1900)


Pedreiras – Local 3 no mapa


EES 265 – Pedreiras (1923-1948)


Vargem Grande do Soturno (distrito) – Local 7 no mapa


EES 279 – AGC Vargem Grande do Soturno (2000 – )


Unidades Operacionais


EES 288 – CDD Cachoeiro do Itapemirim (1989 – )


© 2015-2022 www.agencias postais.com.br (atualizado em abril de 2022)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.