Mimoso do Sul

MIMOSO DO SUL TN

MIMOSO DO SUL

Sua origem é a Freguesia de São Pedro de Alcântara, nomeada distrito de São Pedro de Itabapoana em 26 de novembro de 1863, subordinado a Cachoeiro de Itapemirim. Em 29 de julho de 1887 é elevada a município, mantendo o nome.

Na segunda metade do século XIX, a produção de mercadorias do sul do Espirito Santo era escoada por via fluvial, especialmente pelo rio Itabapoana. O porto de Limeira estava situado no limite do trecho navegável, não muito distante de Ponte do Itabapoana. Nesse período, o porto cresceu em importância, chegando a ser a sede do então distrito de Cachoeiro do Itapemirim. Entrementes, a ferrovia chegou a Santo Eduardo (na margem fluminense) em 1879 e posteriormente cruzado o rio e inaugurado a estação de Ponte do Itabapoana em 1893. Com isso, esse local logo passou a ser a via preferencial de escoamento dos produtos agrícolas.

Continuando a história de São Pedro, em 5 de junho de 1890 São Pedro seria elevado à cidade, com a nova denominação de Monjardim. Essa história está contada mais abaixo no bloco São Pedro.

Finalmente, em 31 de dezembro de 1943 a cidade e o município são definitivamente renomeados Mimoso do Sul.

Histórico dos distritos

  • São Pedro de Itabapoana (1863) subordinado a Cachoeiro de Itapemirim;
    • São Pedro de Itabapoana (1863)
    • elevado a município em 1887; porém sua instalação só ocorre em 20.11.1890 – mas já como cidade e com o nome de Monjardim por decreto de junho de 1890.
    • Monjardim (1890) cidade
    • São Pedro de Itabapoana (1892)
    • João Pessoa (1930)
    • Mimoso do Sul (1943)
  • São Pedro de Itabapoana (1930) retornando a distrito
  • Ponte de Itabapoana (1930) retornando a distrito
  • Conceição do Muqui (1933)
  • São Jose das Torres (1933)
  • Santo Antonio do Muqui (1933)
  • Dona America (1933)

Desmembrados para formar o município de Apiacá em 1958:

  • Boa Vista (1911)
    • Apiacá (1943)
  • Barra Alegre (1933)
  • Iuru (1944)

Planilha de agencias

Rede Ferroviária

**

HISTÓRIA,CURIOSIDADES E IMAGENS


São Pedro do Itabapoana – Local 1 no mapa


Um dos maiores núcleos populacionais do município no auge do ciclo do café, passou por diversas atribulações políticas, e atualmente ainda é distrito de Mimoso do Sul – uma pacata vila que guarda marcas seu passado histórico (imagem).

Segundo o IBGE, o distrito de São Pedro do Itabapoana foi criado por decreto provincial n.4 de 26 de novembro de 1863 subordinado a Cachoeiro de Itapemirim. Pela lei provincial n.1 de 29.07.1887 foi desmembrado para formar o município de São Pedro de Itabapoana com sede no povoado homônimo. No entanto, o texto, sem explicações, nos informa que sua instalação só aconteceu em 20 de novembro de 1890, mais de três anos depois!

O texto também nos informa que, nesse meio tempo, o município (recém-criado, mas ainda não instalado) foi elevado à categoria de cidade com a denominação de Monjardim pelo decreto n.103 de 05.06.1890. Fui em busca desse nome e descobri que o barão de Monjardim foi, no império, vice-presidente da Provincia do Espírito Santo de 1878 a 1889 tendo nesse período assumido interinamente a presidência por quatro vezes e em 1891, na república, eleito presidente por alguns meses até ser deposto no final desse ano por uma junta governativa. Em consequência, foi restabelecida (para o município) a denominação de São Pedro de Itabapoana, por decreto de 01.03.1892 (IBGE).

Quanto à agencia postal Monjardim, deve ter sido criada a partir de meados de 1890. Não encontrei dados. Bem documentado, só o BP de maio de 1892 reza que em abril, sem menção a um dia específico, “a agencia de Monjardim passou a denominar-se de S. Pedro de Itabapoana, com a categoria de cidade” (sic). Ou seja, acompanhando a denominação do município.

Em 3 de janeiro de 1930, o IBGE diz que foi feita a fusão com o município de Ponte do Itabapoana e transferida sua sede para a povoação de Mimoso. Mas as mudanças não pararam por aí. O ano de 1930 iniciou-se em ebulição política com a aproximação das eleições presidenciais. Estávamos na república velha, com a política do café-com-leite onde se alternavam presidentes apoiados por São Paulo ou Minas Gerais. Após o governo Washington Luiz, paulista, esperava-se um candidato mineiro. Mas com o apoio do governo no poder, o candidato indicado foi o paulista Júlio Prestes. Mineiros e gaúchos reagiram e Getúlio Vargas, com João Pessoa (governador da Paraíba) como vice, constituíram uma chapa de oposição.

A eleição realizada em março registrou vitória da chapa governista em todo o Brasil, com exceção de MG, PB e RS, estados que se negaram a reconhecer o resultado. Para piorar o quadro, em junho João Pessoa foi assassinado. Com a economia debilitada  pela crise de 1929, estava criado o ambiente para a chamada “Revolução de 1930” com Getúlio Vargas depondo Washington Luís com apoio do grosso das forças armadas e assumindo no DF um “governo provisório” em 24 de outubro de 1930.

Um dos primeiros atos desse governo foi nomear interventores nos estados não-alinhados, entre os quais o Espírito Santo, onde Getúlio obteve somente 30% dos votos. O interventor assumiu em novembro e, em aparentemente em retaliação política, logo assinou o decreto n.113 em 17.11.1930 renomeando o município de S. Pedro de Itabapoana como “João Pessoa” (imagem).


O ano de 1931 começaria portanto com o município de João Pessoa com a sede recém transferida para Mimoso. Foi a pá de cal na antiga sede, que entrou em decadência. Ao agora distrito de São Pedro do Itabapoana resta manter preservados o seu traçado e o seu conjunto arquitetônico.

EES 821 – São Pedro do Itabapoana (1878-1885)
EES 822 – São Pedro de Alcântara do Itabapoana (1881-1890)
EES 823 – Monjardim (1891-1892)
EES 824 – São Pedro de Itabapoana (1892-1999)
EES 825 – AGC São Pedro de Itabapoana (1999 – )

 


Santo Eduardo / Itabapoana / Ponte de Itabapoana – Local 2 no mapa


Santo Eduardo, povoado às margens do rio Itabapoana, fica na margem oposta ao povoado homônimo de Santo Eduardo no município de Campos dos Goytacazes no estado do Rio de Janeiro. Ver tópico “Estação de Itabapoana” um pouco mais à frente.

Nota da imprensa menciona  Ponte em (sic) Santo Eduardo ao mencionar a localidade dando uma pista à formação de Ponte do Itabapoana (a imagem é do O Cachoeirano, edição de 05.05.1883).

O fato é que o Espírito Santo traz sempre alguns pontos obscuros, como é o caso deste povoado. Por exemplo, o site do IBGE ao descrever Mimoso do Sul, não menciona Santo Eduardo, e, quanto a Ponte do Itabapoana, nos informa que “o antigo município de Ponte de Itabapoana foi anexado em 1930 a São Pedro do Itabapoana“. Fico me perguntando: se é antigo, por que não o mencionou antes? A matéria aí embaixo, de outra fonte, diz que o município foi criado em 1896.

Não é fácil tentar cruzar referências políticas com postais. Nesses casos, é mais fácil falar só das agencias, estas sim razoavelmente bem documentadas pelos Correios.

Município de Ponte do Itabapoana

O distrito de Ponte do Itabapoana localiza-se ao extremo sul do município às margens do rio itabapoana (local 2 do mapa). Em 1º de agosto de 1896 pelo Decreto nº 64 foi elevado à categoria de município. Um dos fatores que favoreceu o desenvolvimento da região foi a inauguração em 12 de fevereiro de 1893 da Estação de itabapoana da Leopoldina Raílway.

Seu território abrangia aproximadamente os atuais distritos de Ponte do Itabapoana, Dona América e São Jose das Torres. Mas era um local modesto; para se ter uma ideia do seu tamanho, o jornal O Cachoeirano publica em 1902 uma tabela com a população de municípios capixabas. Ponte de Itabapoana ocupa o último lugar, com apenas 189 habitantes, enquanto São Pedro do Itabapoana, do qual se emancipou, ocupa o 9º, com 9.294.

Em 1929, o município de Ponte do Itabapoana é suprimido, voltando à condição de distrito do município de São Pedro do Itabapoana. A sede do distrito ainda guarda lembranças de um passado histórico (a imagem acima do Street View mostra edifício próximo à estação, datado de 1920). (bibliografia: https://geocostan.webnode.com.br)

Vamos às agencias postais. A renomeação da agencia foi decorrente da permuta de nomes entre as agencias capixabas e as fluminenses em 2 de fevereiro de 1893 (Boletim Postal). Este assunto está abordado em detalhe na página apontada abaixo “As agencias gêmeas“.

EES 826 – Santo Eduardo (1879-1893)
EES 827 – Itabapoana (1893-1900)

EES 828 – Ponte de Itabapoana (1900-1999)
EES 829 – AGC Ponte de Itabapoana (1999 –  )

**

As agências gêmeas

Há uma certa confusão entre as estações (e agências) de Santo Eduardo e Itabapoana com as homônimas no município vizinho de Campos dos Goytacazes no Estado do Rio. Veja matéria sobre essa história clicando aqui Agencias Gêmeas Santo Eduardo 

 


Conceição do Muqui – Local 3 no mapa


Distrito desde 1933.

EES 830 – Conceição do Muqui (1885-1999)
EES 831 – AGC Conceição do Muqui (1999 –  )

 


Mimoso do Sul / João Pessoa – Local 4 no mapa


A primeira agencia do povoado foi criada em 26 de fevereiro de 1888 conforme nota publicada nessa data no O Cachoeirano (fig.1).

No entanto, um ano e meio depois, em nota na Folha de Victoria de 11.08.1889 (fig.2) leitores a apontam como ainda não instalada e 10 meses depois o BP de 04.06.1890 nos informa que a agencia foi transferida para São João do Muqui, cidade vizinha. Possivelmente não chegou a funcionar, mas seria reinstalada com o mesmo nome dois anos depois em 8 de agosto de 1892 (BP).

A que atribuir esse intervalo de dois anos? Cheira a politicagem. De fato, o período 1890-1892 é o mesmo em que se estava instalando o município de Monjardim (e talvez uma agencia) em S. Pedro do Itabapoana, como vimos acima.

Mas a partir de 1892, a agencia Mimoso funcionaria até 1930.

EES 832 – Mimoso (1888-1890)
EES 833 – Mimoso (1892-1930) Reinstalada

Infelizmente não possuo imagens de Mimoso antes das mudanças de 1930.

**

Como vimos anteriormente no bloco sobre S. Pedro de Itabapoana, até 17.11.1930 Mimoso era ainda a sede do município de S. Pedro do Itabapoana que nessa data seria renomeado João Pessoa pelo interventor da Revolução de 1930.

A agencia postal seria também mesma data renomeada João Pessoa. Ela só voltaria ao nome original no pacote federal de renomeações de 31.12.1943 – com o aposto “do Sul”, nome que mantem atualmente.

Como curiosidade, o GP de 1940 registra agencia postal João Pessoa em alguns estados: ES, AM, BA, MG, PB, PI, RS e SC.

EES 834 – João Pessoa (1930-1943)

Infelizmente não possuo imagens de João Pessoa para ilustrar esse período.

EES 835 Mimoso do Sul (1943 –  )

 


Dona America – Local 5 no mapa


Dona America foi suspensa entre 1896 num pacotão federal com dezenas de agencias e restabelecida em 1898 – ambas devidamente registradas pelo BP.

EES 836 – Dona America (1895-2006)
EES 837 – AGC Dona America (2006-2017)


© 2015-2022 www.agencias postais.com.br (atualizado em maio de 2022)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.