Vila Velha

VILA VELHA TN

VILA VELHA

A história de Vila Velha é totalmente imbricada com a de Vitória.

O núcleo original foi criado em 23 de maio de 1535, a data convencionada para a chegada do donatário Vasco Fernandes Coutinho à sua capitania até então conhecida por “undécima”. Aportou no local hoje conhecido por Prainha da Vila Velha. O nome dado ao local foi “Villa do Espirito Santo“, nome estendido à terra pois era o dia de Pentecostes.

Em sua segunda viagem, o donatário Vasco Fernando Coutinho decidiu transferir a sede da Capitania para a vizinha ilha de Santo Antonio, por ser esse local mais protegido das frequentes incursões dos indígenas. Em março de 1550 foi fundada a “Villa da Victoria” e o local original passou a ser conhecido por Villa Velha.

Livro “História do Estado do Espirito Santo”, por José Teixeira de Oliveira, publicado em 2008 pelo Arquivo Publico do Estado do Espirito Santo.

No século XVII, registrava-se no Espirito Santo somente cinco vilas: as vizinhas Espirito Santo (ViIa Velha) e Vitoria, mais as de Guarapari, Benevente e Nova Almeida. Em 1816, relatório do governador Rubim menciona 4171 habitantes em Vitória e 1627 no termo de Vila Velha.

***

Segundo dados do IBGE e da Wikipedia,  Freguesia de Vila Velha foi estabelecida em 1750 e elevada a município com o mesmo nome em 30 de novembro de 1896. No entanto, pelo decreto da Interventoria Federal nº 1102 de 27/04/1931 o município foi extinto e o distrito incorporado a Vitória. Foi novamente instalado em 11 de julho de 1934, desta vez com o nome de Espírito Santo. Em 31/12/1943, novo decreto estadual extingue o município, que é reanexado a Vitoria como distrito de Espirito Santo de Vitoria. Restabelecido em 26 de julho de 1947, o município recebeu o nome de Espirito Santo, mais tarde voltando às origens e renomeado Vila Velha por lei estadual de 31 de janeiro de 1959, nome que mantém atualmente.

Histórico de distritos

  • Vila Velha, Freguesia (1750).
    • Município de Vila Velha (30.11.1896)
    • Município de Vila Velha extinto em 27.04.1931 e anexado a Vitoria como distrito de mesmo nome
    • município restabelecido (11.07.1934) com a denominação de Espirito Santo
    • Município extinto (31.12.1943), voltando a distrito subordinado a Vitoria com a denominação de Espirito Santo de Vitória
    • Município restabelecido (26.07.1947) com a denominação de Espirito Santo
    • Município renomeado Vila Velha (31.01.1959) pela lei estadual 479
    • Sede no distrito de Vila Velha
  • Argolas (1943) subordinado a Vitoria
    • Transferido a Vila Velha (1947)
  • Jucu (1943) subordinado a Vitoria
    • Transferido a Vila Velha (1947)
  • Ibes (1964)
  • São Torquato (1964)

 

Quadro de agencias

 

Rede ferroviária

Vila Velha concentrou também as principais estações ferroviárias da malha capixaba. A “Estação Central de Victoria” foi inaugurada em 13 de julho de 1895 pela Leopoldina, ponto final da Linha do Litoral com origem no Rio de Janeiro. A estação “Pedro Nolasco” (antiga Porto Velho, depois São Carlos), ponto de partida da EF Vitoria a Minas, foi inaugurada em 11 de maio de 1904 (mas não teve agencia).

 

***

HISTÓRIA, CURIOSIDADES E IMAGENS

Vila Velha ou Vila do Espirito Santo

INTRODUÇÃO

Topônimos

A Villa do Espírito Santo foi criada pelo donatário Vasco Pereira Coutinho em 1535, sendo a terceira cidade mais antiga do Brasil, após as paulistas Cananéia (1531) e São Vicente (1532). Sua posição de sede da Capitania durou pouco, pois em 1550 o donatário ao retornar achou por bem transferir a sede para a ilha de Vitoria, local mais protegido do ataque dos indígenas. Aí foi fundada A Villa Nova de Vitória e o local anterior passou a ser referido por “Villa Velha”.

Vila Velha, ou do Espirito Santo, teve vida tumultuada até a primeira metade do século XX, com o município sendo por duas vezes extinto, anexado a Vitória e restaurado (ver o histórico de distritos mais acima). Quanto ao seu topônimo, o IBGE registra sempre Vila Velha tanto para a freguesia como para o município de 1750 até 1934, data em que aparece pela primeira vez como Espírito Santo ao ser restaurado.

No entanto, os mapas do séc. XIX que consultei a registram o local  sempre como Espírito Santo como se vê nos mapas Vasconcellos (1850) e Rivierre (1878).

Um pouco de história postal

O Decreto de 5 de março de 1829 cria o Correio Geral da Corte e estabelece o cargo de DGC – Diretor Geral dos Correios a quem passa a se reportar o Administrador do Correio Geral da Corte e Província, cargo existente desde 1808. Seu art. 21º reza o seguinte: “Nas capitaes das Provincias haverá um Administrador de todos os Correios das mesmas com um Ajudante, e os mais officiaes que forem necessarios. Os Administradores são os Chefes desta Repartição em toda a Provincia, a quem todos os mais empregados, e os agentes, estão subordinados. Servirão ao mesmo tempo de Thesoureiros, e farão todo o mais serviço, que convier”.

Livro Provincia do Espirito Santo, Basilio Carvalho Daemon, Secretaria de Estado da  Cultura, Arquivo Publico do Estado do Espirito Santo – Vitoria 2010

Segundo me alertou o colega Marlino Santos, no livro de  Basilio Carvalho Daemon consta que a Administração do Correio Geral da Província do Espirito Santo foi estabelecida em 4 de julho de 1832 (imagem).

Lembrando que as seis primeiras agencias da Provincia foram criadas em 1831: Barra de S. Mateus, Benevente, Guarapari, Itapemirim, Linhares e Nova Almeida.

No entanto, a agencia “Villa do Espirito Santo” (ou Vila Velha) só seria criada na Republica, em 17 de setembro de 1895 conforme quadro no Boletim Postal (imagem).

Essa agencia não durou muito tempo, sendo fechada um ano depois em 16/12/1896 (BP). Ela só seria novamente criada em 18 de março de 1905 (o BP não diz “restabelecida”), desta feita como “Villa Velha”. Esse nome voltaria a se alternar com Espirito Santo em diversas mudanças até 1959 quando assume definitivamente o nome Vila Velha (ver planilha de agencias acima, EES 1271 a 1276).

O carimbo “Espirito Santo”

Carimbos tipo francês com legenda “Espirito Santo” aparecem em datas entre 1879 e 1887. Mas como é possível, se como vimos essa agencia ainda não existia? Uma explicação seria a Administração da Província ter utilizado nesse período o nome “Espírito Santo” ao invés de “Victoria” (que por sua vez não aparece nesse período). Uma das razões para isso seria evitar ambiguidade com agencias homônimas em outros estados. Discuti essa alternativa com o colega e pesquisador Claudio Coelho. Ele compactua com essa tese, acrescentando que existem carimbos “Victoria” em Pernambuco nos anos 1880 e também ser usual o uso do nome da província ao invés da capital em carimbos de outras Administrações Provinciais. Ainda nos faltam todavia mais imagens de carimbos do período para confirmar a tese.

Obs. Vale mencionar como R. Koester aborda o tema nos verbetes “Espirito Santo”. Aparentemente houve um empastelamento de dois verbetes. Os três primeiros parágrafos trazem dados de Vila Velha, mas sem menção à DCA, já que esta só aconteceu na república. Mas, a partir do quarto parágrafo, passa a descrever o Arraial do Espirito Santo, DCA de 1881 (que em 1892 seria renomeado Espirito Santo do Rio Pardo e em 1896 Muniz Freire). Informa ainda que a Administração Provincial seria objeto de análise  futura.

 

Imagens


Vila Velha ou Vila do Espirito Santo – Local 1 do mapa


 

EES 1271 – Vila do Espirito Santo (1895-1896)
EES 1272 – Vila Velha (1905-1935)
EES 1273 – Espirito Santo (1935-1943)

Infelizmente faltam-me imagens dessas primeiras agencias.

EES 1274 – Espirito Santo de Vitória (1943-1947)

A peça abaixo foi postada na agencia “Espirito Santo de Vitória”, nome do distrito que foi incorporado a Vitoria após a extinção do município Espirito Santo em 1943.

EES 1275 – Espirito Santo (1953-1959)
EES 1276 – Vila Velha (1959 – )

Agencias localizadas na zona urbana de Vila Velha – Local 1 no mapa


A Estação Central foi inaugurada em 1895 pela EF Sul do Espirito Santo que ligou Vitória a Cachoeiro do Itapemirim. Mas tarde, foi incorporada pela Leopoldina na linha Vitória – Minas e adotou o nome de Vitória. Apesar do nome, a estação se localizava no bairro de Argolas em Vila Velha.

EES 1277 – Estação Central (1906-1963)

 

EES 1278 – Gloria (1987 – )

 

EES 1279 – ACF Itaparica (1992-2012)

 

EES 1281 – ACF Itapoã (1992-2012)

 

EES 1283 – ACF Praia da Costa (1992-2012)

 

EES 1285 – ACF Santa Monica (2002-2012)

 

EES 1287 – ACF Henrique Moscoso (2002-2012)

 


Agencias de bairros – Local 2 no mapa


EES 1293 – IBES (1963-1992)

 

EES 1294 ACF IBES (1992-2012)

 

EES 1296 – São Torquato (1963-1992)

 

EES 1300 – ACF Cobilandia (1992-2012)

 

EES 1303 – ACC1 Cobilandia (2003-2005)

 


UNIDADES OPERACIONAIS


EES 1314 – CDD Vila Velha (1887-2013) Local 1 no mapa

 

EES 1317 – CDD Prainha (1998- )

 

EES 1318 – CDD São Torquato (1998- )

 

 


© 2015-2022 www.agencias postais.com.br (atualizado em maio de 2022)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.