Mecanicos Propagandisticos

CARIMBOS MECÂNICOS PROPAGANDÍSTICOS

Seguindo uma tendência mundial, os carimbos propagandísticos começaram a ser utilizados no Rio de Janeiro, então capital federal, no início de 1928. Veja a nota na edição de 1º de março de 1928 do jornal “O Paiz” do Rio de Janeiro sobre a “carimbação reclame”. Na matéria, também é mencionado o uso de “máquinas suecas” (Imagem da hemeroteca da Biblioteca Nacional).

carimbos-mecanicos-propagandisticos-o-paiz-1-marco-1928


Apresentarei a seguir 3 conjuntos de informação: 1) os textos das vinhetas; 2) a descrição dos datadores; 3) painel com as imagens de todos os tipos em sequencia.


  1. A tabela a seguir traz a relação das 25 vinhetas circuladas no Rio de Janeiro, apresentando o texto integral de suas respectivas flâmulas.

2) A próxima planilha apresenta a descrição completa dos datadores de cada tipo. Os vários subtipos trazem a mesma vinheta, mas apresentam alguma característica diferente, principalmente local de circulação e o tipo de datador.


 

3) Uma vez que apresentei os detalhes descritivos de cada tipo, seguem exemplos das suas imagens, mais uma forma de facilitar sua identificação.

NOTA: As imagens completas da coleção estão apresentadas nas agencias que os utilizaram. Por exemplo, as imagens do tipo 1a abaixo foram movidas para a 2a. Secção do Correio Central.


© 2016-2021 www.agenciaspostais.com.br (atualizado em janeiro de 2021)