1ª Secção

1ª Secção (1888 – 1894) 

Império

O Decreto Imperial de 1865 pela primeira vez apresenta uma estrutura organizacional em quatro seções. À 1ª Secção são atribuídas  responsabilidades administrativas como a contabilidade. Somente com a publicação do último Regulamento do Império, em 26 de março de 1888, serão atribuídas à 1ª Seção atividades operacionais, entre as quais a recepção da correspondência urbana. A partir dessa data é que aparecem os primeiros carimbos da seção. Com o decreto de 10 de abril de 1894 a seção volta a ter responsabilidades administrativas.

Tipos “urbanos”

Os carimbos desse tipo circularam de 1888 a 1894, ou seja, durante todo o período em que a seção teve responsabilidades operacionais.  apresentando um formato bastante peculiar (tipo 3b),  com três linhas de dados ao centro.

Tipos de transição Império/República

Apelidei de “tipos de transição” os carimbos tipo 4c, dado que começaram a ser utilizados no final do Império e mantiveram o mesmo desenho nos primeiros anos da republica. O único exemplar da 1a. seção no império que encontrei (IMP 23) circulou em abril de 1889. Tipos semelhantes continuariam a ser utilizados pela República até 1891. Existem cinco variedades de desenho nomeadas de tipo 1 a tipo 5, dos quais nesta seção só encontrei exemplares dos três últimos.

República

A terceira série “Republica” aparece em 1891. Sua característica mais marcante é o datador em uma só linha (tipo 4e) que só existe aqui e na 5a. secção. O tipo só circularia até 1894, quando um novo Regulamento atribui novamente à 1ª Seção atividades administrativas. Assim, não veremos mais carimbos.  A seção será extinta na reforma de 1931.

Na tabela abaixo, apresento um resumo das características dos três tipos de carimbos da seção (urbano, transição e republica) na mesma sequencia cronológica em que as imagens serão apresentadas.

 


Imagens de Carimbos da 1A Secção

Tipos urbanos  A 1a. secção, apesar da vida breve, foi a maior usuária desse tipo de carimbo, única a apresentar 3 séries diferenciadas pelo quadrante interno superior: florão (1888), C.U. (Correio Urbano, 1889-90) e P.U. (Posta Urbana (1890-94). Utilizado pelos três turnos. Além disso, a tabela abaixo sintetiza os quatro tipos de variações tipográficas que encontrei. Todas aparecem na 3a. série.

A 2a. secção não os utilizou e a 3a. e 4a. possuem somente a primeira série. As duas primeiras imagens abaixo mostram também carimbos da 4a. secção.

Tipos de transição Circularam entre 1889 e 1891, portanto na passagem do Império (onde são raros) e a República. Variações de tipologia geraram 5 tipos.

República Primeira emissão do novo governo, são fáceis de identificar pelo datador sui-generis em linha única. Utilizados de 1891 a 1894 – quando a 1a. secção teve suas atribuições alteradas para serviços administrativos.

© 2012-2021 www.agenciaspostais.com.br – atualizado em abril de 2021

3 pensou em “1ª Secção

  1. Obrigado por publicar seus trabalhos neste site. Descobri que a carimbologia é um campo muito mais vasto e complexo que imerso em minha ignorancia sobre o assunto podia imaginar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *