Norte

Devido ao elevado numero de agencias do município, eu as apresentarei em cinco páginas, sendo a primeira um guia geral de localização de áreas no município. Esta página é a da região norte. Caso desejar ver outra região, clique no respectivo link para redirecionamento automático a cada uma das páginas.

  1. CAMPOS DOS GOYTACAZES
  2. SEDE DO MUNICÍPIO
  3. NORTE
  4. SUDOESTE
  5. BAIXADA CAMPISTA

Tabela de agencias da região norte de Campos dos Goytacazes

 

O norte do município foi atravessado pela Cia. E F do Carangola. Seu projeto previa a ligação de Campos aos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. O trecho Campos – Santo Eduardo ficou conhecido como Linha de Itabapoana. Na estação de Murundu, a linha se bifurcava saindo à esquerda para Minas na chamada Linha do Carangola.

A Linha de Itabapoana (Linha 51 neste site) foi construída entre 1877 e 1879 teve diversas estações em localidades com agencias postais que descreverei a seguir. A tabela abaixo foi copiada do menu Correio Ferroviário neste site e mostra as datas de inauguração das estações. Para detalhes, ver menu Correio Ferroviário.


Travessão – Local 3 no mapa

Travessão é o 7º Distrito de Campos


ERJ 221 – Travessão 

O distrito de Travessão foi criado em 1873 sendo o mais populoso do interior do município. A estação é de 1877 e a agencia foi criada em 12 de junho de 1866. Junto com Morro do Coco, que veremos adiante, são as agencias mais antigas da região norte do município.


Guandu – Local 4 no mapa


Guandu teve estação inaugurada em 1878

ERJ 222 – Guandu (1890) não tenho imagens


Penha – Local 5 no mapa


A estação da Penha é de 1878

ERJ 223 – Penha (1883) 

ERJ 224 – Conselheiro Josino (1894), ex- Penha

Não possuo imagens.


Vila Nova – Local 6 no mapa

É atualmente sede do 20º distrito de Campos


Vila Nova teve estação inaugurada em 1878.

A sequência de nomes do local chama a atenção e merece uma análise. Segundo o site do IBGE, o distrito de Vila Nova foi criado em 1891 e renomeado Morro do Coco em 1938.

Morro do Coco, por sua vez, foi elevada a Freguesia de Nossa Senhora da Penha do Morro do Coco em sessão de 13 de novembro de 1861 da A.L. Provincial. Sua agencia postal é de 1866. Analisemos o mapa Rensburg de 1867 abaixo (Hemeroteca da BN):

Comparando-se com o mapa atual no topo da página, nota-se que têm em comum apenas a Freguesia Morro do Côco – dominando o centro – e a localidade de Limeira ao alto. Depreende-se que as terras da freguesia abrangiam também o Arraial de Vila Nova. Não se consegue no entanto observar no mapa de 1867 o futuro traçado da ferrovia, que acompanha em boa parte o córrego da Onça, que é hoje a divisa com o município de Cardoso Moreira e já devia ser uma rota comercial na época.

O roteiro de malas da “Linha da Côrte a Campos” publicado no Almanaque Laemmert  menciona o Arraial de Vila Nova a partir de 1869 (junto com Travessão). O que me fez imaginar a existência de uma agência no local e criar a  “ERJ 225 – Arraial da Vila Nova“. Hoje acho um erro. O que o roteiro talvez quisesse dizer é que as malas da agencia Morro do Coco seguiam via o Arraial. Afinal, se o Travessão é mencionado, Côco também deveria ser, pois ambos têm agencias criadas no mesmo dia em 1866. Deduzo que a agencia de Vila Nova é de fato a “ERJ 226 Vila Nova do Carangola” que foi criada em 1889 conforme atesta o Relatório dos Correios desse ano.

Voltando ao IBGE, o distrito de 1891 é Vila Nova por que na Republica o local já estava desenvolvido por ser estação há anos. Mais tarde corrigiram o nome para Morro do Coco onde está a sede até hoje (ver ERJ 238 mais adiante).

Por último: em 17 de junho de 1960 foi criado um novo distrito Vila Nova, desmembrado de Morro do Coco. A agencia a “ERJ 228 Vila Nova de Campos” segue o novo nome do distrito. Está ativa sob a forma de AGC.

Infelizmente só possuo imagens da ERJ 228 bem mais recente.

ERJ 225 – Arraial da Vila Nova (agencia não comprovada)
ERJ 226 – Vila Nova do Carangola (1889)
ERJ 227 – Morro do Coco (1940)
ERJ 228 – Vila Nova de Campos (1960) 
ERJ 228A – AGC Vila Nova (2000)


Murundu – Local 7 no mapa


ERJ 229 – Murundu (1905)
ERJ 229A – AGC Murundu (2004)

Murundu foi distrito de 1963 a1983. A estação é de 1878. Dela derivava a Linha de Carangola para Minas Gerais. Linha 55 no menu ferroviário. A agencia é de 1905 e está ativa como uma AGC.


Santa Barbara – Local 8 no mapa


ERJ 230 – Santa Barbara, estação (1893) 


Santa Maria – Local 9 no mapa

Santa Maria é atualmente sede do 18º Distrito de Campos


ERJ 231 – Santa Maria de Campos (1936)
ERJ 232 – Santa Maria (1963)
ERJ 232A – AGC Santa Maria (2000)

O distrito de Santa Maria foi criado em 1960 e a agencia acompanhou. A estação é de 1934.


Santo Eduardo – Local 10 no mapa

Santo Eduardo é atualmente sede do 13º Distrito de Campos


ERJ 233 – Itabapoana, estação (1879-1893)

Situada na divisa com o Estado do Espirito Santo, há uma curiosa história sobre o nome desse local (tanto a estação quanto a agência postal), confundido muitas vezes com a homônima cidade vizinha no Espírito Santo. Essa história está detalhada no menu História Postal, matéria “Agencias Gêmeas Santo Eduardo” (clique para ser direcionado); https://agenciaspostais.com.br/?page_id=20075

ERJ 234 – Santo Eduardo (Estação) (1893-1963)

ERJ 235 – Santo Eduardo (1963-2018)

 


Limeira – Local 11 no mapa


ERJ 236 – Cachoeira da Limeira (1864)
ERJ 237 – Limeira do Itabapoana (1885) não tenho carimbos

Povoado um pouco a jusante de Santo Eduardo, mas com o qual manteve fortes relações, o local foi conhecido por Porto da Limeira, Caxoeira da Limeira e Limeira do Itabapoana. Ainda uma curiosidade: Limeira é quem teve a agencia mais antiga de toda a região norte do município, criada em 1864.

Limeira estava situada nas corredeiras que marcavam o limite do trecho navegável do rio Itabapoana. Assim, era o centro logístico de escoamento da produção agrícola de toda a região marginal do rio nos estados do RJ, ES e do sul de MG. Sua agencia postal foi nada menos que a primeira a ser criada em toda a região norte de Campos em 1864 (mais antiga na região, só Itabapoana, de 1853  – na foz do rio – no então município de São João da Barra, hoje São Francisco do Itabapoana.

Mas eis que surge o projeto da ferrovia Campos a Vitória em 1879 e a rota escolhida para cruzar a divisa foi por Santo Eduardo, apesar da óbvia pressão dos comerciantes de Limeira. O eixo do comércio se deslocou para Santo Eduardo e Limeira literalmente sumiu do mapa. Ver também Mimoso do Sul no ES que aborda esse mesmo assunto.

Com fortes ligações com a história do Brasil, do Espirito Santo e do Rio de Janeiro desde as Capitanias Hereditárias e passando pelo ciclo do café, o local está hoje sob impacto da barragem hidrelétrica construída em 2007. Essa história está detalhada no menu História Postal. Link direto: https://agenciaspostais.com.br/?page_id=20193


Morro do Coco – Local 12 no mapa

É atualmente sede do 12º Distrito de Campos


A Freguesia de NS da Penha do Morro do Coco foi criada em 1861 e, como o mapa mostra, soberana no interior, com agencia já em 1866. Vale registrar que o futuro presidente Nilo Peçanha nasceu nesta freguesia em 2 de outubro de 1867.

Ao norte, Santo Eduardo foi elevado a distrito também em 1861, mas a agencia só foi criada com a chegada da ferrovia em 1879 (mesmo assim, com o nome de Itabapoana). Acredito que a construção da ferrovia com rota distante de Morro do Coco tenha impactado a balança de poder da região.  Assim, Vila Nova, estação na ferrovia, foi elevada a distrito em 1891.

A história de mudança de nomes de distritos, estações e agencias envolvendo Morro do Coco é complicada e não consegui entender todas as mudanças que aconteceram, porque mesmo o IBGE é um tanto confuso. O quadro abaixo, montado com  informações mais precisas, ajuda a entender os movimentos.

Segundo entendi do IBGE, o distrito de Santo Eduardo foi renomeado Morro do Coco em 1933, mas logo voltou a Santo Eduardo em 1938 – quando então o distrito de Vila Nova é que foi renomeado Morro do Coco (a estação Leopoldina Vila Nova e a agencia postal foram renomeadas Morro do Coco em 1940, enquanto a povoação de Morro do Coco permaneceu com o nome de Santo Eduardo (ver agencia 239); por essa razão, de 1940 a 1960 existiram em Campos duas Santo Eduardo. Pode? Finalmente, em 1960, foi aprovado o 20º distrito de Campos nomeado Vila Nova de Campos com território desmembrado de Morro do Coco. Os três são atualmente distritos.

ERJ 238 – Morro do Coco, povoado (1866)

ERJ 239 – Santo Eduardo, povoado (1940) sem carimbos

ERJ 240 – PC Morro do Coco (1960)

ERJ 240A – AGC Morro do Coco (2000)

 


Palmares – Local 13 no mapa


ERJ 241 – Palmares, PC

A agencia aparece uma única vez no GP de 1963 como PC em povoado da zona rural. Não tenho imagens (se é que a agencia foi instalada).


© 1911-1924 agenciaspostais.com.br (atualizado fevereiro de 2024)